Ministério Público move ação contra diretoras de escola na Paraíba por discriminação e homofobia

Redação,
09/01/2014 | 13h01

O município de Sapé-PB na Paraíba   está sendo destaque na mídia envolvendo questões de preconceito e homofobia dentro do ambiente escolar. Uma transexual de 15 anos e uma jovem homossexual foram vítimas de preconceito por parte da própria direção da Escola Estadual ‘Monsenhor Odilon Alves Pedrosa’, sendo preciso a intervenção da Promotoria de Justiça de Sapé, que ajuizou ação contra duas diretoras da escola estadual do município por discriminação e homofobia contra as alunas.
Assista aqui a reportagem realizada pela TV do Ministério Público