Metade do público da Parada Gay de SP admite fazer sexo sem preservativo

AIDS em pauta, Comportamento, Social
11 de agosto de 2015
por Genilson Coutinho

827035

Metade do público da Parada Gay de São Paulo neste ano não tinha usado preservativo na relação sexual anterior ao evento, ocorrido no dia 7 de junho na avenida Paulista. O dado é de pesquisa da Secretaria de Estado da Saúde com 239 participantes entre 14 e 24 anos. A maioria deles (69%) eram homossexuais e os demais, bissexuais. A notícia foi destaque na coluna de Mônica Bergamo, da “Folha de S. Paulo”, do último sábado (8).

Ainda segundo a pesquisa, a justificativa mais frequenteos entrevistados para o  não uso da camisinha foi a de que possuem parceiros fixos (28%). Em seguida, a de que a pessoa só mantém relações com mulheres (26%), caso das lésbicas. Outros participantes alegaram não gostar de preservativo (11%), não ter tempo ou ter esquecido (10%) e não ser preciso (5%). O governo reforça o alerta: todos os tipos de relação sexual têm que ser seguros.