AIDS em pauta

Comportamento

Social

Metade do público da Parada Gay de SP admite fazer sexo sem preservativo

Genilson Coutinho,
11/08/2015 | 15h08

827035

Metade do público da Parada Gay de São Paulo neste ano não tinha usado preservativo na relação sexual anterior ao evento, ocorrido no dia 7 de junho na avenida Paulista. O dado é de pesquisa da Secretaria de Estado da Saúde com 239 participantes entre 14 e 24 anos. A maioria deles (69%) eram homossexuais e os demais, bissexuais. A notícia foi destaque na coluna de Mônica Bergamo, da “Folha de S. Paulo”, do último sábado (8).

Ainda segundo a pesquisa, a justificativa mais frequenteos entrevistados para o  não uso da camisinha foi a de que possuem parceiros fixos (28%). Em seguida, a de que a pessoa só mantém relações com mulheres (26%), caso das lésbicas. Outros participantes alegaram não gostar de preservativo (11%), não ter tempo ou ter esquecido (10%) e não ser preciso (5%). O governo reforça o alerta: todos os tipos de relação sexual têm que ser seguros.