Notícias

Mês do Orgulho LGBTIQ+ no Facebook e Instagram

Genilson Coutinho,
03/06/2021 | 21h06

Em celebração ao mês do Orgulho LGBTIQ+ , o Instagram e o Facebook lançam hoje ferramentas criativas para oferecer mais maneiras divertidas para a comunidade LGBTIQ+ no mundo todo se expressar durante o mês de junho. 

No Instagram, onde existem mais de 2,5 milhões de contas usando o emoji da bandeira do arco-íris na bio, a primeira novidade é um novo pacote de adesivos para os Stories, com seis novos designs criados por artistas da comunidade LGBTIQ+ para trazer mais cor, alegria e inclusão para a plataforma, representando a diversidade da comunidade LGBTIQ+.

Entre os artistas, está o ilustrador carioca Leandro Assis (@lebassis), responsável por dois dos novos adesivos, inspirados na comunidade queer negra. “Quero que as pessoas se sintam inspiradas para falarem o que pensam enquanto usam os adesivos. Todos nós precisamos de um pouco de inspiração durante tudo o que está acontecendo agora e acho que compartilhar pensamentos é algo que pode fazer bem em meio ao caos.”, comenta Leandro. Aqui você encontra imagens em alta de todos os novos adesivos do Instagram.

Além disso, atualizamos nossa parceria com o GLAAD para identificar as hashtags mais populares e relevantes usadas por toda a comunidade LGBTIQ+ no mundo e trazer de volta as hashtags de arco-íris para o Feed e Stories no Instagram, como por exemplo as hashtags em português #orgulho e #compartilhecomorgulho. Quando aplicadas em publicações no Feed, as hashtags aparecerão em um gradiente de arco-íris, e nos Stories, a foto de perfil de quem publicou ganhará um contorno de arco-íris por 24 horas. Isso também acontecerá quando a pessoa usar um dos novos adesivos de Pride. 

O aplicativo do Facebook fez uma parceria com a artista Jasmina El Bouamraoui (EL BOUM) para criar o logotipo do aplicativo do Facebook na versão do Orgulho LGBTIQ+ deste ano. A perspectiva e dedicação à representação das pessoas não binárias e às diversas outras comunidades é mostrada através de cores vibrantes, formas em bloco e texturas diversas, em um logotipo que pretende destacar a ousadia, diversão, confiança e autenticidade. Imagens em alta aqui.

No Facebook, estamos lançando animações que permitem que as pessoas escolham um filtro inspirado na bandeira do arco-íris ou na bandeira trans na parte superior de suas publicações compartilhadas. 

Também estamos anunciando um Feed personalizado para a hashtag #Pride que vai mostrar conteúdo relacionado durante todo o mês de junho. Além disso, estamos apresentando Avatares com o tema do Orgulho, novos planos de fundo para publicações no aplicativo do Facebook, além de figurinhas para o Feed de Notícias e Stories e temas de bate-papo no Messenger e Messenger Kids.

Aproveitamos o lançamento dessas ferramentas de expressão para compartilhar algumas dicas de segurança para a comunidade LGBTIQ+ dentro do Instagram e do Facebook, e indicar algumas das ferramentas já existentes nas duas plataformas, para que todas as pessoas possam se expressar livremente não só no Mês do Orgulho, mas durante todo o ano.

5 dicas para se proteger (e proteger outras pessoas) no Instagram e no Facebook

Bloqueie se quiser

  • Você pode bloquear perfis que estejam impactando negativamente sua experiência no Instagram, para impedir que essas pessoas possam interagir com você ou visualizar seu conteúdo. Os perfis bloqueados não serão notificados e podem ser desbloqueados a qualquer momento que você decidir.
    • No Instagram -> Toque no menu ‘…’ no perfil da pessoa e selecione “bloquear”
    • No Facebook -> Clique na seta no canto superior direito de qualquer Página do Facebook, selecione “bloquear”, insira o nome da pessoa e clique em “bloquear”. Você também pode bloquear diretamente no perfil da pessoa clicando no menu “…” no canto inferior direito da foto de capa do perfil.
  • Considere alternativas ao bloqueio: em alguns casos, pode-se acreditar que bloquear alguém é uma atitude extrema. Para esses casos, oferecemos alternativas de controle de experiência:
    • Você pode optar por ignorar todas as mensagens de alguém que está praticando bullying e também pode gerenciar os comentários em suas próprias publicações.
    • No Instagram, você tem a opção de usar o recurso Restringir, uma ferramenta criada para te empoderar e te proteger de uma forma mais discreta, sem que a pessoa fique sabendo.

§  Quando você restringir alguém, os comentários da pessoa restrita em suas publicações ficam visíveis apenas para ela. Você pode optar por aprovar os comentários de uma pessoa restrita para que eles se tornem visíveis a outras pessoas. Pessoas restritas não poderão ver quando você está ativo no Instagram ou quando leu suas mensagens no Direct. 

§  No Facebook, você pode adicionar um amigo à sua lista Restringir e ele não verá as publicações que você compartilha apenas com seus amigos.

Filtre o ruído

  • Às vezes, pode ser preciso dar um tempo nas interações com alguns perfis que você segue. É por isso que temos controles em ambas plataformas para silenciar ou suspender o contato com algumas contas, sem que as contas sejam notificadas.
    • No Instagram -> Você pode “silenciar” as postagens de alguém e as postagens dos Stories tocando no menu ‘…’ no canto superior direito da publicação da pessoa.
    • No Facebook -> Você pode “suspender” alguém, uma página ou um grupo clicando em ‘…’ no canto superior direito de uma postagem.
  • Também é possível utilizar ferramentas como os filtros de comentários, onde você pode filtrar palavras e emojis específicos para que eles não apareçam nos comentários das suas publicações.

 Gerencie sua privacidade

  • No Instagram e no Facebook existem diferentes maneiras de gerenciar sua privacidade, conhecer seu público e proteger seu espaço. Você pode escolher quem pode te seguir no Instagram e controlar quem vê suas postagens no Facebook, por exemplo.
    • No Instagram -> Acesse as Configurações, em “Privacidade” e ative o botão de “Conta privada” para tornar sua conta fechada. Fazendo isso, você pode aprovar solicitações de contas que pedem para te seguir.
    • No Facebook -> Em “Configurações e Privacidade” na versão web, vá para “Verificação de privacidade” para acompanhar as configurações de privacidade e segurança e reveja suas escolhas para refletir que você está compartilhando com quem deseja.

Mantenha sua comunidade segura

  • Se você é administrador de um grupo no Facebook, pode decidir sobre as regras que vão guiar a sua  comunidade, incluindo os tipos de publicações que são incentivadas e os comportamentos indesejados. Os administradores do grupo também podem remover ou bloquear um membro, bem como alterar o nível de privacidade do grupo e gerenciar se as pessoas que não são membros podem encontrá-lo em pesquisas e outros lugares no Facebook.

Seja um aliado

  • Se testemunhar um ataque online, não seja um espectador. Você pode denunciar abuso, spam ou qualquer outro comportamento que te deixe desconfortável ou que não siga nossas Diretrizes da Comunidade para Instagram ou os Padrões da Comunidade para Facebook. Possuímos uma equipe global responsável por analisar e remover conteúdos  que violem nossas regras.

Mês do Orgulho LGBTIQ+ no Facebook e Instagram

O mês do orgulho é um momento para dar especial visibilidade à forma como a comunidade LGBTIQ+ e seus aliados se apoiam, inspiram uns aos outros e se unem para desenvolver e progredir em torno de questões profundas e extremamente relevantes, como justiça social, saúde mental e empoderamento econômico. Na impossibilidade de que esse movimento tome as ruas das cidades neste ano, o Facebook e o Instagram buscarão despertar os principais sentimentos dessa importante mobilização lançando uma série de iniciativas focadas na celebração e empoderamento da comunidade ao longo das próximas semanas.