Mercado Iaô quer impulsionar negócios em tempos de pandemia

Arte e Exposições, No Circuito
6 de julho de 2020
por Genilson Coutinho

O Mercado IAÔ, Centro de Economia Criativa, Arte e Sustentabilidade , lança o seu primeiro site: www.mercadoiao.org.br, nesta quarta-feira (08/07), durante a Live Iaô, com a participação de Margareth Menezes, às 20h30, no Instagram @mercadoiao. A plataforma inaugura uma nova fase do centro de economia criativa mais aquecido da Bahia. Devido a pandemia e percebendo os desafios de diversos setores da economia criativa na Bahia, o Mercado IAÔ pretende discutir novas formas de impactar os negócios e ampliar o seu cadastro de empreendedores da Rede IAÔ. Além da Rede, haverá no site todo o acervo de fotos e vídeos das edições passadas para relembrar os momentos e realizações do Mercado IAÔ.

REDE IAÔ

A Rede IAÔ foi criada com o intuito de ampliar a visibilidade de empreendedores baianos durante o período de isolamento social. Mais de 100 empreendedores participaram no início de julho de uma reunião online para diálogo sobre esse novo momento. Com vídeos curtos e imagens, eles poderão expor seus produtos, criar conexões diretas com seus clientes e com o público do Mercado Iaô. A Rede IAÔ digital pretende discutir as possibilidades e alcance desses negócios criativos, a fim de estimular a geração de renda nesse período difícil. O cadastro da Rede IAÔ pode ser feito diretamente no site do Mercado IAÔ.

IAÔ LIVES ESTREIA COM MARGARETH

A série de Iaô Lives, conduzida pelo gestor social e cultural Israel Campos, será realizada semanalmente, sempre as quartas, com o objetivo de discutir e apresentar novas estratégias e possibilidades para a economia criativa no contexto atual. Nesta quarta-feira(08/07), às 20h30, a estreia será com a convidada Margareth Menezes, que vai contar história do Mercado e refletir sobre o impacto social e econômico provocado pelo Projeto, em suas edições anteriores. Toda semana, a live vai promover um bate-papo com a participação de influenciadores, empreendedores, ONGs, empresas, profissionais e personalidades da área cultural, sempre com temas atuais que destacam os desafios e perspectivas sobre a economia da cultura no “Novo normal”.

Margareth Menezes conta que está muito feliz com essa nova etapa do Mercado IAÔ. “A ideia principal é democratizar o conhecimento na área da economia criativa nesse contexto de desafios, promovendo o impulsionamento para os negócios de milhares de famílias brasileiras e assim gerar trabalho e renda no estado e no país”, afirma.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.