Marilena Chauí faz conferência em Salvador nesta sexta (11)

Genilson Coutinho,
11/10/2013 | 00h10

Respeitada pela obra acadêmica e pelo papel atuante nos meios intelectual e político, Marilena Chauí será a atração do Fórum do Pensamento Crítico nestra sexta – feira 11 , às 19 horas, no Teatro Castro Alves com entrada gratuita. A renomada filósofa e professora da Universidade de São Paulo vem a Salvador para fazer uma das conferências que deverá ser uma das mais concorridas, cujo tema é “Cultura e Transformação da Sociedade Brasileira Hoje”.

Além de conhecer a interpretação do mundo contemporâneo na visão da palestrante, o público terá a oportunidade de conhecer algumas vertentes de sua trajetória: de secretária municipal de Cultura de São Paulo à sua produção acadêmica e literária de ampla repercussão. Um exemplo é o livro de sua autoria, “O que é ideologia” (Ed. Brasiliense), Coleção Primeiros Passos, com mais de cem mil exemplares vendidos. Já sua tese “A nervura do real” recebeu Prêmio Jabuti de melhor livro brasileiro de humanidades (2000) e Prêmio Sérgio Buarque de Holanda da Biblioteca Nacional de melhor livro de ensaios (1999). Recebeu ainda títulos de Doutor Honoris Causa na França e Argentina.

Trajetória brilhante | Chauí é graduada em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1965), especialização em Licenciatura pela Universidade de São Paulo (1965), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1967) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1971), onde leciona. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia. Atuando principalmente nos seguintes temas: imanência, liberdade, necessidade, servidão, beatitude e paixão.

O Fórum do Pensamento Crítico com a filósofa Marilena Chauí será transmitido ao vivo pelo site da Fundação Pedro Calmon (FPC): www.fpc.ba.gov.br. Os interessados poderão assistir de qualquer aparelho conectado à internet a palestra que será ministrada, no Teatro Castro Alves, pela professora da Universidade de São Paulo (USP). A conferência também será exibida, em tempo real, na Sala Katia Mattoso, da Biblioteca Pública do Estado (Barris), de onde o público poderá interagir com a conferencista, enviando perguntas. A Sala Katia Mattoso tem capacidade para 150 pessoas e não haverá trocas de pré-convite no local.

Inscrições e mais informações aqui.