Marca baiana cria glitter biodegradável

In Moda
12 de fevereiro de 2020
por Genilson Coutinho

A Juliage Dermocosméticos, marca baiana, acaba de colocar no mercado seu mais novo produto: o Ecoglitter. Biodegradável, vegano, feito com algas, não polui a fauna marinha, como os tradicionais, e ainda é lindo. São seis cores, batizadas de Sereia, Mar, Sol, Agua viva, Mar em Festa e Flamingo, tudo a ver com o clima de férias que toma conta das pessoas nessa época do ano. É em fevereiro que aumenta o consumo de glitter, afinal quem não quer brilhar nas festas, bloquinhos e no Carnaval?

“Eu já planejava criar o ecoglitter, mas depois de uma visita ao AquaRio, maior Aquário Marinho da América do Sul, localizado no Rio de Janeiro, conheci de perto como o glitter tradicional, feito de microplástico, polui esse ecossistema, e tive a certeza de que era preciso conscientizar as pessoas e lançar o produto logo”, explica a cosmetóloga Juliana Martins, criadora da Juliage.

As tradicionais partículas brilhantes são feitas de plástico, material que não é biodegradável. Quando se lava o corpo ou rosto, elas escorrem pelo ralo e não são filtradas no sistema de tratamento de esgoto por serem muito pequenas. Com isso, vão parar nos rios e mares, sendo confundidas com os plânctons, podendo ser ingeridos pelos peixes, além de ostras e mexilhões que, por sua vez, alimentam os humanos.

“Podemos brilhar sem poluir”, reforça Juliana, que criou a Juliage Dermocosméticos há quatro anos enquanto cursava a pós-graduação em Cosmetologia. “Vi nas minhas aulas sobre toxicologia cosmética que muitos cosméticos causavam alergias, além de poluir o meio ambiente por conterem parabenos, microplásticos, entre outras substâncias”, explica.

Na mesma época, algumas pessoas que trabalhavam em sua clínica, em Juazeiro, tiveram reações alérgicas nas mãos pela manipulação constante desses produtos, o que a incentivou a criar uma linha diferente.  Ao terminar a pós-graduação, Juliana foi para uma imersão na Europa. “Fiz as conexões certas para dar o pontapé inicial e criei a Juliage”. A marca hoje tem mais de 20 produtos, vendidos em pontos de todo o Brasil e pelo e-commerce no site juliage.com.br.

Atualmente, o Blinde Stick é o carro-chefe. Um filtro em bastão, com alta cobertura, que demorou quase dois anos para chegar ao conceito idealizado. O produto não escorre, não marca poros, disfarça manchas, tem ótima cobertura, pode ser utilizado como maquiagem, livre de conservante, não estoura no flash das fotos e ainda tem 12h de estabilidade, além de proteção UVA, UVB e luz visível. “O filtro tinha que ser perfeito. E, a partir dele, nasceram os outros produtos”, explica a empresária, que, em 2020, tem plano de ampliar a linha de maquiagem, que já conta com batom, gloss, blush e pó translúcido, lançando opções de sombras e lápis de olho.

O Ecoglitter custa R$ 15 e pode ser adquirido pelo e-commerce da marca, na clínica Juliage, em Petrolina, e no Espaço Performance, na Rua das Dálias, 576 – Pituba.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.