Mais uma vitima da homofobia no Brasil: assassinato bárbaro em Minas Gerais

Sem categoria
21 de abril de 2012
por Genilson Coutinho

O jovem Jonathan Fonseca do Nascimento de 18 anos foi brutalmente assassinado  na noite da última sexta feira 21, na cidade de Muriaé em  Minas Gerais . O crime chocou os moradores daquela região e até mesmo as autoridades e imprensa pela tamanha crueldade. O jovem foi estripado, parte dos órgãos internos, as vísceras, foi arrancado e pendurado no espelho da sala. A Polícia Militar foi chamada às 20h28 da noite desta sexta-feira e compareceu ao local através da viatura comandada pelo Sargento Prado, onde ele foi informado por uma testemunha, o patrão da vítima, que Jonathan Fonseca não compareceu ao trabalho, comércio de lanches, naquela região, e então foi até a casa dele saber do motivo. “Deparou com a porta da sala aberta e constatou em seguida que havia sangue no interior da casa, estando o chuveiro ligado. Imediatamente acionou a Polícia Militar, uma vez que ali provavelmente havia ocorrido um crime. Constatamos que havia muito sangue espalhado na sala da casa e pegadas de pés descalços. Ao entrar na residência deparamos com vítima que seria o morador, caído no chão apresentando perfurações no rosto e pescoço e um corte abdominal, por onde o homicida retirou parte das vísceras espalhando pela casa. Populares afirmaram sobre a vítima manter relacionamentos homossexuais, sendo apontado também dois nomes de conhecidos”, relata o REDS número 2012-000822843-001.  A Polícia Militar fez contato com a cidade de Palma, já que Jonathan Fonseca é de lá e morava sozinho em Muriaé onde estudava e trabalhava. Com informações do Silvanalves