Mais um homossexual foi agredido por adolescentes em Curitiba

Sem categoria
17 de agosto de 2012
por Genilson Coutinho


Um rapaz de 28 anos (foto ao lado), que preferiu manter sua identidade em segredo, foi agredido na noite da última sexta-feira (10) no centro de Curitiba.
De acordo com o jovem, ele estava no Café Teatro quando resolveu sair na rua com uma amiga para fumar e foi abordado por um casal de adolescentes, de 16 e 15 anos.
“Eles perguntaram algo para mim e nem deu tempo de responder. Logo começaram a dar golpes no rosto de nós dois. Mas eles diziam que o alvo era eu por ser gay”, revelou a vítima.
De acordo com os relatos, os adolescentes portavam um soco inglês e uma faca. A agressão aos dois amigos só parou quando seguranças do Café Teatro se aproximaram para ver o que estava acontecendo.
Os dois adolescentes tentaram fugir, mas foram localizados por uma viatura que passava próximo ao local. O casal foi encaminhado à Delegacia do Adolescente, prestaram depoimento, e logo em seguida foram liberados.
“Foi um ataque homofóbico, não houve provocação da nossa parte, eles simplesmente chegaram e começaram a desferir golpes”, declarou a vítima, que foi levado para o Hospital Cajuru, onde levou sete pontos no supercílio e três pontos no couro cabeludo.
“A sensação é de que você está em um país onde as leis protegem os criminosos e não a sociedade”, desabafou o rapaz, que realizou exame do corpo de delito e registrou um boletim de ocorrência.
O Ministério Público do Paraná afirmou que os adolescentes podem ser responsabilizados. “Isso pode ser através de medidas socioeducativas, como prestação de serviços comunitários, ou de medidas protetivas, com encaminhamento para tratamentos psiquiátricos ou psicológicos”, explicou o promotor de Justiça Mário Luiz Ramidoff à Band.
“Espero que eles paguem pelo que fizeram. Vou até o fim, quero justiça”, afirmou a vítima.Com informações da Acapa