Mago das Faixas morre em São Paulo

Notícias
13 de abril de 2018
por Genilson Coutinho

Scher atual Miss Beleza Gay 40 garus 2018 com umas muitas faixas do mago

A manhã dessa sexta-feira (13) amanheceu triste para os amigos e familiares do costureiro baiano Antônio Carlos de Lima, 63, conhecido com o Mago das Faixas, que nos deixou. A trajetória do Mago, como o homem das faixas mais famosas do País, deixará saudades na comunidade LGBT e nas misses.

Imagem das divas da beleza usando a faixa do Mago

Na Bahia e no Brasil, quando o assunto era faixa, a primeira palavra que vinha na mente dos organizadores era o nome do Mago, que tinha um primor e muito talento na confecção das suas disputadas faixas.

As grandes estrelas da arte transformista tem, em seus guarda-roupas, faixas com a assinatura de ouro do mestre amado por todxs. Da Bahia à Manaus, as faixas do Mago embelezam e alimentam sonhos no universo LGBTQ. Seu trabalho ganhou destaque maior em 2015, na grande mídia, mas esse talento já fazia parte do universo da beleza no Brasil.

O título de Mago das Faixas foi dado pelo jornalista Marcelo Braque, há mais de 10 anos, e esse referencial passou a acompanhar o costureiro, que residia em São Paulo, mas que sempre estava em solo baiano, para rever os amigos e participar do corpo de jurados dos concursos da amiga e parceria Bagageryer Spilberg. O astro das faixas deixará saudades e suas marcas nos corações.

Em Salvador e no Brasil , amigos lamentaram a morte nas redes sociais