Magia das histórias – Literatura e exposição ganham destaque no espaço montado na Flica pela Odebrecht e o movimento Livres Livros

Arte e Exposições, Literatura, No Circuito
2 de outubro de 2017
por Genilson Coutinho
Literatura e exposição ganham destaque no espaço montado na Flica

pela Odebrecht e o movimento Livres Livros

O Livro dos Livros da Real Biblioteca.

 

Desde os anos 1950, o grupo Odebrecht vem investindo na cultura com a publicação de mais de 300 livros. Esta trajetória vai poder ser conferida na exposição que será montada durante a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece de 5 a 8 de outubro no Recôncavo baiano. A mostra é composta por 14 painéis e 28 lâminas que mostram discos e livros de artistas e grupos culturais que foram patrocinados pelo grupo Odebrecht, além de construções culturais e recuperações arquitetônicas executadas pela empresa ao longo das últimas décadas.

Ilê Aiyê – Canto Negro

 

Muitos tiveram esse apoio no início da carreira, bem antes de terem o trabalho reconhecido e de se tornarem famosos. É o caso do primeiro disco do Ilê Ayiê, cuja capa faz parte da exposição. Tem ainda o livro Homenagem à Bahia Antiga, lançado em 1959. Ou ainda uma publicação preciosa com poemas de Castro Alves ilustrados por artistas baianos como Carybé, Carlos Bastos e Calazans Neto.

“O Grupo Odebrecht tem apoiado a arte em suas múltiplas dimensões, principalmente em projetos nas áreas de Literatura, Artes Plásticas, Teatro, Cinema e Dança. Esta longa trajetória de apoio ao segmento cultural é o tema da exposição que será montada em Cachoeira”, afirma Marcelo Gentil, responsável pela Comunicação na Odebrecht S.A.

Os Naturalistas do Império – O conhecimento científico de Portugal e suas colônias (1768-1822)

 

A exposição pode ser conferida no Magia das Histórias, um charmoso e diferenciado espaço construído em Cachoeira a partir de material reciclável e que será totalmente aberto ao público. O local vai trabalhar, ainda, um conteúdo voltado para a literatura infantil. “Será um espaço de convívio onde vamos realizar oficinas de sussurro poético e contação de histórias com Renata Fernandes, Sandra Popov e Saula Chequer”, afirma Raíssa Martins, do Movimento Livres Livros.

Este é o sexto ano consecutivo em que o Grupo Odebrecht apoia a Flica que, nesta edição homenageia o jornalista e poeta Rui Espinheira Filho e volta a reunir autores nacionais e estrangeiros.

 

Samba e bate-papo

O espaço Magia das Histórias conta com uma intensa e diversificada programação. Todos os dias pela manhã vai haver contação de histórias. No dia 5 de outubro, as 10h, tem a oficina “Vamos Libertar Poesias?”, e as 16h tem bate-papo com o garoto Guilherme Santana, criador de uma gibiteca em Santo Amaro. Além disso, será feita a doação da primeira minibiblioteca da Livres Livros.

No dia 6 de outubro, 9h30 tem contação de histórias em frente a Biblioteca Municipal e às 18h, tem apresentação da Associação dos Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia. No sábado (7), o destaque é um show infantil com o grupo Espaço Musical do violonista Gabriel Macedo, neto de Osmar Macedo. O encerramento acontece no domingo, ao meio dia, com recital de poemas. Tudo gratuito.