Mães pela Diversidade presentes na Parada Gay da Bahia pela primeira vez

Comportamento, Social
4 de setembro de 2015
por Genilson Coutinho
Foto: Genilson Coutinho)

Foto: Genilson Coutinho)

O Grupo Mães pela Diversidade participa, pela primeira vez, da Parada Gay da Bahia, em sua 14ª edição que acontece no próximo dia 13, em Salvador, com concentração no Campo Grande e abertura oficial prevista para as 15h30. O grupo terá trio próprio e será o segundo do cortejo.

O comando musical do trio fica por conta de Mr. Galiza e banda “Mais Amor por Favor”. Estão confirmadas as presenças de Majú Giorgi (jornalista, colunista do Portal IG e coordenadora do Grupo Mães pela Diversidade em São Paulo), Inês Silva (coordenadora do grupo na Bahia), Angela Moysés (coordenadora do grupo em Brasília), Avelino Fortuna (pai do Lucas Fortuna, jornalista assassinado por homofobia em 2012, em Pernambuco) e Luis Arruda (consultor do grupo e membro do GADVS – Grupo de Advogados Pela Diversidade Sexual e de Gênero).

A participação do Mães pela Diversidade também está garantida na IV Semana da Diversidade, com a realização do debate “Famílias Fora do Armário”, no próximo dia 8, das 16h30 às 19h30, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente no Estado da Bahia (SINDAE), localizado na rua General Labatut, 65, Barris, com entrada franca. O debate contará com as participações de Maju Giorgi e Angela Moysés, bem como da defensora pública Bethânia Ferreira. Os trabalhos serão dirigidos por Inês Silva.

Ao longo do debate, mães de LGBTs apresentarão relatos das suas histórias e o modo como superaram obstáculos, venceram barreiras do preconceito e hoje são as melhores amigas dos seus filhos e filhas. Também será discutida a responsabilidade que as famílias têm de cuidar e dar afetividade. O evento tem por objetivo dar visibilidade às bandeiras da luta contra a LGBTfobia e a favor da cultura da pluralidade e do respeito no seio das famílias em suas diversas constituições.

A participação do grupo Mães pela Diversidade na IV Semana da Diversidade e na 14ª Parada Gay da Bahia tem os apoios do Grupo Gay da Bahia, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia, do grupo Famílias de Todos os Jeitos, do site Dois terços, da COOXIA e de Luciano Santana.

Sobre o grupo

O grupo nacional de defesa dos direitos e interesses da comunidade LGBTT, Mães pela Diversidade, é um coletivo formado por pessoas que apoiam e se orgulham de seus familiares LGBTT e nasceu com o intuito de silenciar os discursos de ódio e as provocações de fundamentalistas.

O grupo surge em razão da necessidade histórica urgente de acolhimento e proteção da família aos indivíduos humanos reais, complexos e diversos, que são agredidos, discriminados e mesmo assassinados quando experimentam vivenciar a plenitude de suas individualidades. Essa urgência a que nos referimos é a costura de um tempo marcado pelo acirramento da luta entre fundamentalistas reacionários e militantes que defendem a liberdade no ser e no amar.

Dados fornecidos pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República indicam que pelo menos 20 por cento das agressões cometidas contra pessoas LGBTT acontecem no seio da família. A reversão desse quadro é uma das maiores preocupações do Mães pela Diversidade, que tem funcionado de forma espontânea como uma comunidade de apoio virtual – intermediado pelas redes sociais – aos indivíduos não aceitos por suas famílias, assim como aos familiares que buscam entender e aceitar seus filhos e demais parentes.