Ludoteca Hospital da Mulher vai auxiliar no tratamento de crianças e adolescentes vítimas de violência

Serviços
12 de dezembro de 2018
por Genilson Coutinho

Referência no atendimento ao público feminino, o Hospital da Mulher agora conta com um reforço no tratamento de crianças e adolescentes vítimas de violência. O Instituto Sabin, responsável por desenvolver trabalhos sociais em todo o país, inaugurou a sua 99ª ludoteca. Esta é a penúltima lançada neste ano. “Vamos finalizar 2018 com cem ludotecas inauguradas. Para o próximo ano, recebemos algumas propostas vindas aqui de Salvador e vamos avaliar todas”, frisou Lian Carvalho, analista de projetos sociais do Instituto Sabin.

A ludoteca, apesar de parecer uma brinquedoteca, é um espaço que conta com materiais pensados por profissionais para serem utilizados durante o tratamento. Esta, que é a décima quinta unidade lançada na Bahia, foi instalada no serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual do Hospital da Mulher (AME). O local recebeu, até novembro deste ano, 152 casos de mulheres vítimas de violência. “Trabalhamos diariamente na assistência dessas mulheres e sabemos as dificuldades que enfrentamos. Essa ludoteca veio para agregar no nosso trabalho, melhorando o prognóstico e nos dando a possibilidade de fazer um trabalho diferenciado”, explicou a coordenadora do AME, Jamile Martins.

Sobre o Instituto Sabin

Criado em 2005, o Instituto Sabin surgiu com a missão de reunir e formalizar as práticas de responsabilidade social exercidas pelo Laboratório Sabin. Bem antes da criação do Instituto, o Laboratório Sabin já realizava ações sociais, beneficiando comunidades e pessoas em vulnerabilidade social e/ou econômica. O próprio crescimento desse trabalho fez emergir a necessidade da fundação do Instituto. Em Salvador e na região metropolitana, o Instituto conta com 330 colaboradores que desenvolvem um trabalho voluntário junto ao órgão. Atualmente, o Instituto Sabin tem a missão de promover a melhoria da qualidade de vida de comunidades onde o Grupo Sabin atua nas áreas de saúde, esporte e inovação social.

Sobre o AME

O serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual do Hospital da Mulher (AME) presta atendimento 24 horas por dia, durante os sete dias na semana, a mulheres e adolescentes – a partir de 12 anos – que sofreram abuso sexual.

Para acolher este público, o local é composto por uma equipe multiprofissional com médicas, enfermeiras, farmacêuticas, assistentes sociais e psicólogas. O AME atua em parceria com o Ministério Público, o Instituto Médico Legal (IML) e a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM-BA), além de conselhos de saúde regionais.