Literatura

No Circuito

Literatura: Como nasceu Vixe, Janaína e por quê?

Redação,
20/06/2024 | 11h06
Foto: Divulgação

-Eu estava escrevendo muito durante o pico da pandemia. Quando me dei conta, tudo que escrevia era sobre o que vive não só em mim, mas em muitos de nós. Este livro é o raio X de minha alma.

Podemos dizer então que esse romance é autobiográfico?

Na saudade do carnaval, sonhei com memórias do que não sei se vivi ou se ouvi falar dos que cruzaram minha vida na avenida mais carnavalesca de minha cidade.

O que os seus leitores podem esperar da sua terceira literatura?

-Este é um presente para os amantes que, assim como eu, sentiram com esta história muito do que são em seus carnavais – deuses, deusas, colombinas, mascarados, futuros foliões com seu abadá surradinho ou aqueles que vão com apenas a roupa do corpo. É assim que nos sentimos do outro lado da corda: João querendo ser Maria, Maria querendo ser João, João sendo João e Maria querendo ser simplesmente Maria.
Como me inspirou um sábio colo materno, a Bahia, a nossa nova Grécia.

O que você não faz por amor?

Vixe, Janaína, aguenta coração. 👇🏾
.
🗓️ 04 de Julho – Quinta-Feira, Das 18hs ás 21hs.

📍Livraria Escariz, Shopping Barra.
R. Fernão de Magalhães, 2992 – Barra, Salvador – BA.