LGBTs são atacados com pedras de concreto em Salvador

Notícias
8 de abril de 2018
por Genilson Coutinho

A violência contra o bar Caras e Bocas e os clientes parece não ter freio, mesmo com o registro da queixa e processo em andamento.

Prova desta falta de punição para os culpados dos primeiros ataques foi comprovado no sábado (7), quando um grupo de artistas e clientes da casa foram atacados com pedras de concreto arremeçadas do 4º andar  do Edificio Santa Amaro na Carlos Gomes em Salvador, como relata Marcos Borges, artista transformista que usou sua página no Facebook para denúncia a violência.

Ato contra ataques a bar LGBT parou a Carlos Gomes, rua gay de Salvador

Confira o relato abaixo: