Lázaro Ramos fala sobre fama de “negro ser bem dotado”

Comportamento, Social
8 de agosto de 2014
por Genilson Coutinho

lazaro

O ator Lázaro Ramos, 35 anos, foi entrevistado pela Revista Trip e falou sobre questões como racismo, infância e até mesmo sobre a fama de pessoas negras terem o pênis mais avantajado, além de serem bons de cama.

Na entrevista, o ator aproveitou para afirmar que durante a adolescência aproveitava da expectativa para se dar bem, mas que hoje pensa com viés político. “Na adolescência, a expectativa de você ter um pauzão e ser bom de cama é maravilhosa, todo mundo vai querer te dar. Mas é importante refletir sobre esses estereótipos e essas afirmações”, disse.

E, em seguida, Lazaro afirma que a fama pode ser prejudicial, uma vez que delega papeis gerais que pouco falam sobre a pessoa em si. “(Estes estereótipos) podem parecer inocentes, mas servem para manter a pessoa em determinado lugar. Isso é muito perigoso, vai da sexualidade às capacidades, aos padrões estéticos. Acreditar que existem determinados papéis que devem ser ocupados na sociedade por determinados perfis é super sério”, cimpletou.

O ator também teve a chance de comentar sobre a suposta sensualidade que ele carrega como um bom baiano e afirmou que o grande problema é quando os clichês e os estereótipos saem fortalecidos da piada.