Lavagem Cultural abre as portas da folia no Centro Histórico

Música, No Circuito
31 de janeiro de 2016
por Genilson Coutinho

Foto: Edgar de Souza

A 26ª Lavagem Cultural, promovida por servidores da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), acontece na quarta-feira que antecede o carnaval, dia 03.02. A tradicional abertura do calendário carnavalesco do centro histórico será cumprida com cortejo partindo da frente do Palácio Rio Branco, na Rua Chile, às 15h, e seguindo até o Largo Tereza Batista. Lá serão coroados a rainha e o rei da festa deste ano: a cantora Mari (banda Babado Novo) e o cantor Léo Santana (ex-vocalista do grupo Parangolé). A homenagem é dedicada aos artistas locais.

A Lavagem Cultural proporciona um momento de integração e confraternização, tanto para os funcionários da FUNCEB e da SecultBA – que lidam o ano inteiro com eventos culturais da Bahia –, quanto para baianos e turistas que queiram curtir e dançar ao som do axé e demais ritmos carnavalescos. Todos são convidados a integrar o folguedo nas ruas. Já o acesso à festa na Tereza Batista é permitido somente aos portadores da camisa padronizada do evento, com arte do designer Edileno Capistrano.

Na caminhada, os seguidores são conduzidos por baianas estilizadas e bonecões, que dão o tom ritualístico da Lavagem e colorem o cortejo. Os foliões são também animados pelas bandas de sopro e percussão do Maestro Reginaldo de Xangô, Terra da Felicidade e Afoxé Filhas de Gandhy.

Origem – A primeira Lavagem Cultural da FUNCEB aconteceu em 1989, quando a instituição, hoje localizada no Pelourinho, ainda funcionava na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, no bairro dos Barris. De lá para cá, a Lavagem prosseguiu apoiada pela comunidade, funcionários, familiares, convidados e celebridades como Ivete Sangalo, Regina Dourado, Daniela Mercury, Gilmelândia, Carlinhos Brown, Armandinho, Elba Ramalho, Preta Gil, Licia Fabio, Tatau, Levi Lima, Denny, Alinne Rosa, Ana Mametto, dentre muitos outros.

O evento faz parte do calendário oficial carnavalesco do Governo do Estado e reúne carros alegóricos, afoxés, funcionários, turistas e a população em geral.