Juliana Ribeiro no Pelourinho

Sem categoria
21 de setembro de 2011
por Genilson Coutinho

Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) leva à sua programação cultural de setembro a cantora Juliana Ribeiro e a temporada de lançamento do CD Amarelo. Conduzida por fortes inspirações da cultura afro, a participação da historiadora, compositora e cantora alinha-se com a política do CCPI, que busca abrir espaço aos artistas da terra que trazem em seu perfil a valorização da cultura local. O show, que será realizado no Largo Pedro Archanjo, às 21h, no dia 23 de setembro, faz parte da temporada do CD Amarelo e é fruto de pesquisas que resultaram na harmonização de ritmos como jongo, semba, batuque, MPB – Música Popular Brasileira, lundu, ijexá, maxixe e samba, apresentando toda a versatilidade da artista baiana.

Durante o show, bailarinas da Funceb – Fundação Cultural do Estado da Bahia apresentarão danças com coreografias produzidas exclusivamente para o espetáculo e que ressaltam a diversidade de ritmos do CD. Admiradora de Iemanjá e filha de Oxum, a cantora usa e abusa da água para exemplificar sua devoção, que poderá ser claramente notada na música “Eu vim das águas”, cujo refrão nasceu de um sonho de Juliana. O CD conta ainda com a forte melodia da música “Xica Xangô de Ouro”, que ao som do ijexá se apresenta como um dos apelos musicais mais marcantes do trabalho. O público poderá ouvir a composição “Edith”, de J. Veloso, que escolheu Juliana Ribeiro para interpretar a música.

Com tantas características da cultura baiana e dos povos de matrizes africanas, o trabalho Amarelo não poderia ficar de fora da programação do CCPI, que pretende cada vez mais fortalecer a diversidade das manifestações culturais da Bahia. De acordo com Juliana, a oportunidade é singular para os artistas e também para o público. “Com a agenda do CCPI, as pessoas podem ter acesso a uma diversidade de atividades culturais e artísticas e sair da mesmice. Percebo, por parte do Pelourinho, uma abertura maior para o novo, para opções diferenciadas de cultura e entretenimento. A tentativa tem sido aplaudida de pé”, pontua. Uma das características da iniciativa que mais chama a atenção da cantora é a gratuidade do acesso. “É importante oferecer ao público opções gratuitas de lazer, sem perder o foco na qualidade. Dessa forma criamos público e qualificamos as pessoas para prestigiar músicas de qualidade”, explica.

Durante o show, Juliana ainda irá entreter os espectadores com histórias sobre os ritmos musicais, a trajetória do samba na música popular brasileira, contando sempre com as coreografias das bailarinas da Funceb – Fundação Cultura do Estado da Bahia no apoio à narrativa.

SERVIÇO

O QUÊ: Juliana Ribeiro l Temporada de Lançamento do CD Amarelo

QUANDO: 23 de setembro l 21h (sexta-feira)

ONDE: Largo Pedro Archanjo

QUANTO: Gratuito