Juliana Ribeiro é uma das atrações do show que comemora os 40 anos do Ilê Aiyê no TCA

Redação,
21/11/2013 | 23h11

Se o mais belo dos belos continua lindo aos 40 anos de idade, sobram motivos para comemorar o aniversário deste que é o bloco afro mais antigo de Salvador. Mais uma celebração pelo quadragésimo ano de vida do Ilê Aiyê acontece neste sábado, 23, às 20 horas, no Teatro Castro Alves, com o show Novembro Azeviche – 40 Anos do Ilê Aiyê. Entre os artistas convidados para subir ao palco, está a cantora e compositora Juliana Ribeiro.

Junto com Daniela Mercury e Beto Jamaica, Juliana empresta seu canto para reverenciar o Ilê, como uma das convidadas da Band`Ayê, anfitriã da noite. A apresentação faz parte da programação do ‘II Encontro das Culturas Negras’, promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). Para a ocasião, a Band’ Aiyê preparou repertório com os maiores sucessos da trajetória, como ‘Perola Negra’, ‘Que Bloco é esse?’, ‘Deusa do Ébano’, ‘Charme da Liberdade’ e ‘Depois que o Ilê passar”.

PRÊMIO MÁRIO GUSMÃO – Juliana Ribeiro também é uma das convidadas, nesta sexta-feira, 22, do  II Fórum Internacional 20 de Novembro, promovido pela UFRB em Cruz das Almas. O encontro reunirá pesquisadores brasileiros, de países africanos e da diáspora como Cuba, EUA, Costa Rica.  A artista participa da cerimônia de entrega do prêmio Mário Gusmão, com a direção de Fernando Marinho, que assina a direção artística do evento. Marinho acompanhará Juliana Ribeiro ao piano em canções emblemáticas como “Zé do Caroço”, “Mãe Meninha” e “Direito de Sambar” de Batatinha, entre outras. O ator Ângelo Flávio será o mestre de cerimônias e promete fazer da noite um momento elegante e divertido.

 SERVIÇO

Show “Novembro Azeviche – 40 Anos do Ilê Aiyê,”

Local: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Data: 23/11/2013

Horário: 20:00

Valor: R$ 20 e R$ 10