Juiz ordena a soropositivo que infectou oito pessoas a parar de espalhar HIV

AIDS em pauta, Comportamento, Social
12 de setembro de 2014
por Genilson Coutinho

camisa

Um juiz de Seattle, nos Estados Unidos, ordenou nesta semana um homem com HIV-positivo que parasse de propagar a doença e que procurasse tratamento, depois de o réu infectar oito pessoas em quatro anos

O homem, conhecido apenas como “AO” no processo, foi ainda obrigado a participar de sessões de orientação e prevenção para proteger futuros parceiros sexuais. A pena está sujeita à multa e até a prisão em caso de descumprimento.

Membros do poder judiciário local afirmaram que a decisão não seria uma tentativa de criminalizar a atividade sexual, mas sim proteger a saúde pública. Em um comunicado, o departamento de King County Saúde Pública disse que só tinha pedido às autoridades uma ordem semelhante contra um indivíduo HIV-positivo uma vez, em 1993.

“AO” descobriu que tinha a doença 2008. Desde 2010, segundo os autos do processo, ele repassou o vírus HIV para pelo menos oito pessoas. O homem chegou a frequentar sessões de orientação por pelo menos cinco vezes.

Cerca de 50 mil pessoas em os EUA estão infectadas com o HIV a cada ano, de acordo com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do governo americano. Cerca de 16% do 1,1 milhão de pessoas vivem com o vírus não sabem que estão infectadas.Com informações do site  O Globo