Judeu ortodoxo esfaqueia seis pessoas na Parada Gay de Jerusalém

Comportamento, Social
31 de julho de 2015
por Genilson Coutinho

judeu

Um judeu ortodoxo esfaqueou e feriu seis participantes da Parada do Orgulho Gay de Jerusalém na última quinta-feira (30), informou a polícia. Os participantes do evento, que atraiu cinco mil pessoas, seguiam por uma avenida quando o religioso ultraortodoxo saltou na multidão e apunhalou alguns deles, disseram testemunhas.

“Um incidente dos mais sérios”, disse o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, sobre o ataque – o pior em anos de realização da Parada Gay de Jerusalém, cidade onde a população religiosa é mais proeminente do que em outras partes de Israel.

A polícia confirmou que o homem é Yishai Schlissel, que já foi condenado a 10 anos de prisão por esfaquear três pessoas na Parada Gay em 2005. Ele saiu recentemente da prisão, de acordo com a porta-voz da polícia, Luba Samri. A polícia prendeu o agressor que, segundo médicos e policiais, feriu seis pessoas antes de ser detido. Duas foram levadas a um hospital em estado grave.

“Vi um jovem ultra ortodoxo esfaqueando todos em seu caminho”, contou Shai Aviyor, testemunha entrevistada pelo canal de televisão israelense Channel 2. “Ouvimos pessoas gritando, todos correram para se proteger, e havia pessoas ensanguentadas no chão”, afirmou Aviyor.