Jota Veloso estreia sua “Festa Imodesta”, com Roque Ferreira e Gerônimo, em Salvador

Música
2 de junho de 2015
por Genilson Coutinho

Jota Veloso 3_foto de Aleksandra Pinheiro (1)

“Salve o prazer, Salve o prazer. Uma festa imodesta como esta. Vamos homenagear. Todo aquele que nos empresta sua festa. Construindo coisas pra se cantar” – os versos de Caetano Veloso, registrados por Chico Buarque no álbum Sinal Fechado (1974), inspiraram o novo projeto que o cantor e compositor santamarense Jota Veloso estreia no próximo final de semana. A Festa Imodesta tem a mesma intenção da descrita na canção: destacar o trabalho dos construtores da música popular brasileira. E para contar curiosidades sobre suas principais canções, Jota Veloso recebe dois importantes compositores da MPB: Roque Ferreira (05/06) e Gerônimo Santana (06/06). Os shows acontecem às 20h30, no palco do Café-Teatro Rubi, em Salvador.

Para a sessão de estreia (sexta, 5/6), Jota Veloso convida ao palco o compositor Roque Ferreira, que tem mais de 400 músicas gravadas por intérpretes como Clara Nunes, Alcione, Martinho da Vila, Roberta Sá, Mariene de Castro e Zeca Pagodinho, que fez grande sucesso com “Samba pras moças” (de Roque Ferreira e Grazielle Ferreira), sem falar em Maria Bethânia, de quem se tornou o principal compositor. Com um forte viés pelo samba, que considera tão sagrado como uma reza, Roque é um dos raros compositores brasileiros que vive exclusivamente de direitos autorais, tamanho são os seus sucessos.

Para o sábado (6/6), o cantor e compositor Gerônimo Santana é o convidado de Jota Veloso para um bate-papo repleto de bom humor e boas lembranças. Conhecido como intérprete e compositor de sucessos como “Eu sou negão” e “Jubiabá”, Gerônimo tem muita história para compartilhar. Certamente casos como “Agradecer e Abraçar”, que ele fez em parceria com Vevé Calasans e curiosidades, como a música “É d´Oxum”, feita com Lula Queiroz, entrou na trilha sonora da minissérie da TV Globo, Tenda de Milagres, não devem faltar.

Na primeira parte da apresentação, Jota Veloso canta músicas que nunca estiveram no repertório dos seus shows e são resultados de parcerias com Jorge Mautner, Jorge Vercillo e Armandinho Macedo. Sobre o projeto, Jota destaca que na Europa, as apresentações de cantores que são compositores criam um interesse especial no público. “São os chamados cantautor, termo traduzido da expressão inglesa singer-songwriter. Respeitadíssimos pelo público”, explica. “Quero lançar várias perguntas aos compositores convidados. É um modo de aguçar a curiosidade das pessoas sobre o processo de composição e compartilhar conhecimento musical”, arremata.

O Festa Imodesta é uma realização da Aláfia Produções, nova empresa de Aleksandra Pinheiro, jornalista e produtora cultural, também à frente da Comunika Press, agência que assina a divulgação do evento. Os ingressos para o Festa Imodesta estão à venda no site www.compreingressos.com ou no local, conforme horário de funcionamento do Café-Teatro Rubi. A entrada custa R$ 50.

SERVIÇO:

Festa Imodesta | Jota Veloso e convidados num pocket show com bate-papo sobre música popular brasileira
Onde: Café Teatro Rubi [Hotel Sheraton, Campo Grande, Salvador]
Dia 5 de junho: Jota Veloso e Roque Ferreira
Dia 6 de junho: Jota Veloso e Gerônimo Santana
Horário: 20h30
Valor: R$50 (ingressos à venda no local (no dia dos shows) ou no site www.compreingressos.com
Duração: 1h30
Classificação: 16 anos
Lotação: 156 lugares