José Eduardo Agualusa promove discussão sobre literatura e democracia

Serviços
31 de julho de 2018
por Genilson Coutinho

Defensor da literatura como um espaço para compreensão de si e do outro, o escritor angolano José Eduardo Agualusa abre a programação do Fronteiras Braskem do Pensamento 2018, nesta quarta-feira (1º/08), às 20h30, no palco principal do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador.

“Eu escrevi meu livro justamente tentando compreender o meu país e me compreender dentro daquele país. E até hoje não tenho feito outra coisa do que escrever para compreender, o outro e a mim”, afirma Agualusa, que é um dos mais importantes escritores em língua portuguesa da atualidade.

Um dos finalistas do Prêmio Man Booker em 2016, ele aproveita a história política da Angola como fonte de inspiração para seus livros. Foi assim que ele escreveu seu último romance “A sociedade dos sonhadores involuntários”, lançado em 2017, uma sátira política sobre o movimento de resistência promovido por jovens em seu país.

Dentro desta perspectiva de fazer a literatura dialogar com a democracia, Agualusa propõe nesta quarta, 1º, uma discussão sobre A leitura como utopia – literatura, democracia e justiça social, o caso angolano. O tema converge com a proposta de discussão do Fronteiras Braskem do Pensamento deste ano, que tem como objetivo fomentar um debate sobre O mundo em desacordo – Democracia e guerras culturais. Para isso, o projeto vai trazer nas próximas edições conferências com alguns dos grandes pensadores contemporâneos. Na programação estão o filósofo francês Gilles Lipovetsky e o historiador e escritor brasileiro Leandro Karnal (ambos no dia 17/09), além do físico teórico, professor e escritor brasileiro Marcelo Gleiser (15/10).

Fronteiras Braskem do Pensamento Salvador tem o patrocínio da Braskem e do Estado da Bahia. Com realização da Caderno 2 Produções Artísticas, esta edição do projeto será apresentada pela jornalista Adriana Couto, apresentadora do programa Metrópolis, da TV Cultura.

Os ingressos para o evento estão à venda nas bilheterias do Teatro Castro Alves (TCA), nos SACs dos shoppings Barra e Bela Vista e pelo site www.ingressorapido.com.br. O ingresso individual por conferência custa R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Contudo, é possível adquirir até esta quarta, 1º, o combo para as três conferências por R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia).

Já o combo de ingressos para duas conferências fica R$ 70 inteira e R$ 35 (meia), válido até 17 de setembro. Outras informações sobre o projeto no portal www.fronteiras.com.

 SOBRE O FRONTEIRAS BRASKEM DO PENSAMENTO

Fronteiras Braskem do Pensamento é um ciclo de conferências alinhado ao projeto cultural múltiplo Fronteiras do Pensamento – www.fronteiras.com – que aposta na liberdade de expressão intelectual e na educação de qualidade como ferramentas para o desenvolvimento. O Fronteiras do Pensamento realiza anualmente edições em Porto Alegre e São Paulo, e na edição especial em Salvador abre espaço para o debate e a análise da contemporaneidade e das perspectivas para o futuro, apresentando pensadores, artistas, cientistas e líderes que são vanguardistas em suas áreas de pesquisa e pensamento. Os valores básicos do projeto são o pluralismo das abordagens, o rigor acadêmico e intelectual de seus convidados e a interdisciplinaridade de ideias. Por isso o Fronteiras Braskem do Pensamento já trouxe a Bahia importantes nomes como Enrique Peñalosa, Leymah Gbowee, Wim Wenders, Edgar Morin, Manuel Castells, Contardo Calligaris, Luc Ferry, Salman Rushdie, Jean-Michel Cousteau, Valter Hugo Mãe, Mia Couto, Camille Paglia e Graça Machel, entre outros.

 

SOBRE A BRASKEM

Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e faturamento de R$ 55 bilhões em 2016. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.