Jorge Amado será tema da cerimônia do Prêmio Braskem de Teatro

No Circuito, Teatro
23 de abril de 2019
por Genilson Coutinho

Jorge Amado na batida da cena. Esse será o tema principal da cerimônia de entrega dos troféus da 26ª edição do Prêmio Braskem de Teatro, que propõe uma reflexão artística sobre algumas obras do escritor baiano, que inspiraram adaptações para o teatro e o cinema. “Jorge é um dos romancistas mais adaptados para o teatro e audiovisual. Sua obra continua inspirando muitos diretores e artistas baianos a dar vida a seus personagens em cena, sejam controversos, polêmicos, amados ou odiados”, explica Luiz Marfuz, diretor artístico da cerimônia, que vai acontecer no dia 15 de maio, no palco principal do Teatro Castro Alves, em Salvador. Mas do que uma homenagem, o conceito da tradicional premiação das artes cênicas baianas passeia por breves momentos biográficos da vida de Jorge Amado, como um exercício de imaginação em torno de suas obras. “Em várias partes do roteiro, perguntamos: como seriam os personagens de Jorge se eles vivessem na Bahia hoje, com todas as suas contradições, avanços e recuos? Queremos um viés de Jorge, atual, dinâmico, imaginativo”, acrescenta o diretor sobre o evento que reunirá música, dança, teatro e audiovisual.

 Sobre o Prêmio Braskem de Teatro

O Prêmio Braskem de Teatro, que é uma realização da Caderno 2 Produções e patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, é um evento tradicional já consolidado no cenário cultural da Bahia e tem o objetivo de valorizar, reconhecer e premiar a produção teatral do estado, abrindo espaço para o surgimento de novos talentos. A premiação, que em 2019 chega a sua 26ª edição, exemplifica a estratégia de atuação social da Braskem na valorização e promoção da cultura e das artes, com foco no desenvolvimento humano.