Johnny Hooker volta à Salvador em junho com turnê ‘Coração’

Música, No Circuito
4 de junho de 2018
por Redação
(Foto: Diego Ciarlariello)

(Foto: Diego Ciarlariello)

“Olha eu aqui de novo!” Após uma prece ao som das ondas do mar, é com esta frase que Johnny Hooker abre o Coração, álbum lançado em julho de 2017, com o patrocínio da Natura Musical e as participações de Liniker e Gaby Amarantos. Sim, ele estará aqui de novo. Dois anos após fazer uma estreia arrebatadora em Salvador, numa noite de ingressos esgotados, Johnny Hooker retorna ao palco do Largo Tereza Batista no dia 9 de junho para lançar seu novo disco na capital baiana, a três dias do Dia dos Namorados.

Assim como em seu álbum “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!”, o tema central do seu mais recente trabalho continua sendo o amor. No entanto, não mais do ponto de vista da dor de uma rejeição. Coração fala de superação, de recomeço. De amor próprio. “Se o Macumba eram as águas profundas do abandono, Coração é sobre sobreviver e resistir. É mais solar e afirmativo. Como colocar a cabeça para fora d’água depois de um período turbulento”, explica Johnny, revelando o sentido da água nas fotos do projeto.

Artista versátil, Johnny Hooker passeia pelo samba, axé, frevo, brega, rock e ijexá ao longo das 11 canções inéditas de Coração, que se misturam a alguns sucessos do disco anterior no showzaço da nova turnê, dirigido por ele. As participações mais do que especiais culminaram em hits de sucesso imediato nos shows e nas plataformas digitais.

O videoclipe Flutua, protagonizado pelo ator Jesuíta Barbosa (Shakira do Sertão, Onde Nascem os Fortes, Globo), tem a participação de Liniker e é assinado pelo renomado diretor Ricardo Spencer, neto da dama do teatro baiano Nilda Spencer e filho do chef Rafael Sessenta. Com mais de 2 milhões de views no YouTube, Flutua foi premiado como Clipe do Ano no MTV MIAW 2018 no dia 23 de maio, e Johnny recitou versos da música em seu discurso de agradecimento: “Ninguém vai poder querer nos dizer como amar”.

Já a música Corpo Fechado, com a participação de Gaby Amarantos, bateu 1 milhão de plays no Spotify, no início de maio e está na trilha sonora da supersérie Onde Nascem os Fortes, da TV Globo. Além de Corpo Fechado, Johnny emplacou sua versão de Beija-Flor (Timbalada) na novela global Segundo Sol, cuja trama se passa na Bahia. Falando em “baianidades”, Coração tem a axé music Coração de Manteiga de Garrafa, e o ijexá Caetano Veloso, no repertório, o que só fortalece a conexão do artista com a boa terra.

No lançamento em Salvador, os timbres da Bahia também estarão presentes nas pick-ups de Telefunksoul que vai abrir a noite mostrando a musicalidade baiana em outro formato. “Vou tocar as músicas autorais do meu disco Bahia Bass e do novo projeto que vai sair agora, o Re_con Ba$$, um tributo ao recôncavo da Bahia, com samba de roda, coco, samba-reggae misturado com Candoblé…”, se empolga o DJ e produtor musical baiano.

Agora é fazer contagem regressiva para o fim de semana que antecede ao Dia dos Namorados, e homenagear o amor em mais uma passagem de um dos melhores artistas da música brasileira contemporânea pela boa terra. Ele vem à Bahia, ele vem a Salvador, e dia 9 de junho, a gente vai trocar calor com Johnny Hooker.

 

SERVIÇO:

JOHNNY HOOKER – TURNÊ CORAÇÃO
Abertura:
Telefunksoul
Local:
Largo Tereza Batista, Pelourinho
Data: 9 de Junho de 2018, sábado
Horário: 20h (abertura da casa)
Realização: InsPire Music
Página no Facebook: Johnny Hooker em Salvador | Turnê Coração

Ingressos:
1º Lote (promocional) – R$ 25 (meia) / R$ 50 (inteira)
2º Lote – R$ 30 (meia) / R$ 60 (inteira)
3º Lote – R$ 40 (meia) / R$ 80 (inteira)

Pontos de venda:
sympla.com.br/JohnnyHookerSSA
– The Hotel (Rua Belo Horizonte, 138, Jardim Brasil, Barra – tel: 71 3237-6067)
– Haus Kaffee (Pátio do ICBA, Corredor da Vitória, 1809 – tel: 71 3013-9638)