Jogador da NBA proíbe filha de jogar basquete com medo que ela se descubra lésbica

Notícias
11 de janeiro de 2016
por Genilson Coutinho

Campeão da última temporada da NBA com o Golden State Warriors, o veterano Andre Iguodala se envolveu em uma polêmica nos últimos dias nos Estados Unidos. O ala-armador está sendo acusado de ter proibido a filha London, de 6 anos, que jogar basquete na escola por temer que a menina se descubra lésbica.

Segundo o site americano “TMZ Sports”, a mãe da criança e ex-namorada de Iguodala, Clayanna Warthen, foi quem revelou a história durante um evento infantil na última segunda-feira. De acordo com a mãe de London, o jogador tem um relacionamento distante com a filha, a quem paga pensão de forma pouco constante.

Clayanna contou que o ala-armador só visitou a filha por nove horas ao longo de 2015, e sequer telefonou no Natal para conversar com a menina. Ao site, o advogado de Iguodala disse que o discurso de Clayanna é “uma tentativa de atrair atenção e tirar dinheiro do jogador”. O representante diz que a mãe de London quer condição financeira para contratar um chefe de cozinha e para ter ingressos a jogos de basquete.