Jean-Michel Cousteau inaugura Estação Ambiental Braskem no Parque Sauípe no Dia Mundial do Meio Ambiente

Serviços
5 de junho de 2014
por Genilson Coutinho

Jorge Soto e Jean-Michel Cousteau VCCC5294

Estimular a conscientização de crianças e adultos para a conservação do Meio Ambiente e a compreensão dos mecanismos de vida na Terra, como as influências climáticas e os impactos do descarte inadequado de resíduos. Esses são alguns dos objetivos da Estação Ambiental Braskem, localizada no Parque Sauípe, a 77 km de Salvador, no município de Mata de São João. A Estação – a terceira no Brasil -, foi inaugurada na manhã desta quinta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente. A solenidade contou com a presença do ambientalista e oceanógrafo Jean-Michel Cousteau, que concedeu entrevista coletiva à imprensa e conheceu em detalhes o espaço. Ainda neste dia do meio ambiente, Jean-Michel Cousteau fará conferência às 20h30, na sala principal do Teatro Castro Alves, na capital baiana, dentro do projetoFronteiras Braskem do Pensamento.

Durante o evento que contou com a presença 40 estudantes de escolas da comunidade e de representantes governamentais e autoridades da região, o filho do lendário explorador francês Jacques Cousteau – pioneiro na descoberta dos recursos do fundo do mar -, realizou o plantio simbólico de uma muda de pau brasil. “Gostei muito de ter plantado essa árvore aqui. Pretendo voltar para ver como ela está se desenvolvendo”, declarou Jean-Michel. Para o ambientalista é importante educar as crianças para que eles se tornem bons tomadores de decisão em favor do meio ambiente. “Os recursos naturais devem ser geridos como um negócio, como um capital. Se a natureza for bem gerida a humanidade viverá no lucro desse capital; senão, todos pagaremos o prejuízo”, sentencia Cousteau.

A Estação integra o Programa de Educação Ambiental da Braskem e conta com a coordenação do Instituto Fábrica de Florestas (IFF). Situada no Parque Sauípe, em uma área de florestas, nascentes, lagos e ampla biodiversidade, a Estação Ambiental Braskem visa contribuir na educação de jovens estudantes, moradores das comunidades vizinhas do Polo Industrial de Camaçari, beneficiando, principalmente, as cidades de Camaçari, Simões Filho, Dias D’Ávila e Mata de São João.

Para Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, a inauguração da Estação Ambiental Braskem é um marco na história da contribuição da empresa para a educação ambiental na Bahia. “Investimos nesse espaço de comunicação, experiência e aprendizado por que ele resume, de maneira didática, a nossa crença de que o plástico e a química tornam a vida das pessoas melhor”, ressalta Soto.

 

A Estação Ambiental

A Estação têm 750 m² de área construída, distribuída em três módulos. O primeiro, Espaço Braskem, é dedicado ao ciclo de vida do plástico e suas possibilidades de tornar a vida do consumidor mais prática e sustentável, com destaque para o PE verde, plástico produzido a partir do etanol de cana-de-açúcar, uma matéria-prima 100% renovável (I’m green™). O plástico verde está presente na grama sintética instalada no piso e, também, em alguns produtos que já utilizam a matéria-prima. Neste ambiente, o público encontrar informações audiovisuais sobre a temática expostas em painéis com uso de led e em dispositivo interativo, os frequentadores ainda podem fazer o registro fotográfico de sua visita e compartilhar a imagem na fan page do IFF.

O segundo módulo é o Espaço Interativo da Sustentabilidade, destinado a atividades relacionadas à sustentabilidade e o consumo consciente, com foco em temas como: Água, Energia e Resíduos. Já o terceiro e último módulo é o Viveiro Escola, onde os alunos visitantes recebem informações sobre botânica, de produção e plantio de mudas nativas da Mata Atlântica e conservação das florestas. As mudas produzidas neste viveiro serão plantadas em áreas degradadas pelo Projeto Fábrica de Florestas, apoiado também pela Braskem.

“Para construção da Estação Ambiental Braskem, o desafio imposto foi à utilização mínima de madeira. Foi empregada madeira tratada somente para a sustentação do deck, que é revestido com madeira plástica. A estação foi toda construída com concreto, metal e plástico”, afirma Álvaro Oyama, diretor executivo do IFF. Para cumprir seu caráter educativo, a Estação Ambiental Braskem conta com uma equipe multidisciplinar formada por biólogos, técnicos ambientais e viveiristas do Parque Sauípe que guiarão os visitantes pelo espaço. As visitas acontecerão de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (71) 8117-3656 ou pelo e-mail: pea@fabricadeflorestas.org.br.

 Fotos:Vaner Casaes/Ag. BAPress