Ivete Sangalo é homenageada no Prêmio Barra Mulher; veja as fotos

Música, No Circuito
9 de março de 2017
por Genilson Coutinho
Foto_Genislon_coutinho (12)

Vilma Reis e Rita Batista / Foto: Genilson Coutinho

Numa cerimônia cercada de muita emoção, uma das maiores artistas brasileiras, a cantora Ivete Sangalo integrou o grupo seleto de homenageadas na 8ª edição do Prêmio Barra Mulher, revelado nesta última quarta-feira (8). O prêmio instituído pelo Shopping Barra de forma pioneira desde 2010 celebra o Dia Internacional da Mulher, o empoderamento feminino e valoriza anualmente o talento de mulheres baianas que tem importante atuação em vários segmentos da sociedade.

“Ser selecionada entre tantas mulheres tão importantes, com tantas causas especiais e nobres, necessárias, para que a gente evolua como ser humano, isso é um presente inestimável. Agradeço imensamente por estar no meio dessa lista de mulheres tão maravilhosas e dizer a elas ‘muito obrigada’ por tudo o que aprendi hoje e por me tornar ainda mais forte para seguir minha caminhada”, discursou a cantora, emocionando os presentes.

Além de Ivete Sangalo, estão sendo homenageadas a arquiteta e professora Akemi Tahara, a jornalista e cineasta Ceci Alves, a coordenadora da Ronda Maria da Penha Major Denice Santiago, a advogada ambiental Erica Rusch, a dançarina e empresária Fátima Suarez, a ativista Makota Valdina, a juíza federal Nilza Reis, a jornalista e produtora Sueide Kintê e a socióloga Vilma Reis, Ouvidora Geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA).

A cada edição, as vencedoras são escolhidas por um júri renomado. Neste ano, entre os vinte e um nomes que integrou a comissão julgadora estão a ministra dos Direitos Humanos e desembargadora Luislinda Valois, a empresária e diretora de Ação Social e Cultural da Santa Casa de Misericórdia, Lise Weckerle e a diretora artística do Teatro Castro Alves, Rose Lima.

Foto Valter Pontes_Cooperphoto

Foto: Valter Pontes

Para a gerente de marketing do Shopping Barra, a oitava edição do Prêmio Barra Mulher teve algo mais que especial. “Além de conseguirmos trazer para a sociedade baiana o trabalho importante destas mulheres, o Shopping Barra e a Enashopp trouxeram para a Bahia, através do Prêmio Barra Mulher, um dos mais importantes reconhecimentos para o segmento de shoppings centers em todo o Brasil: o Prêmio ABRASCE 2016, na categoria Eventos e Promoções. Isso mostra que estamos no caminho certo ao contribuirmos com ações que promovam mais igualdade em nossa sociedade”, afirma Karina Brito.

Daúde faz show para homenageadas

A luxuosa celebração às conquistas femininas realizada na Praça Euvaldo Luz, Piso L1 do Shopping Barra, ainda reservou mais uma bela homenagem às estrelas da noite. O show da cantora Daúde encantou os convidados com um repertório que ainda apresentou sucessos do seu novo espetáculo “DMBPD, Daúde Música Brasileira Para Dançar”.A apresentação irretocável da Escola de Dança Contemporânea também abrilhantou a programação artística que teve direção de Ivanna Soutto. Durante a noite, destaque ainda para o coquetel refinado do Restaurante Pereira e a decoração apostando numa mistura de elementos no estilo Boho-Chic, cuidadosamente preparada pela talentosa Suzzy Argolo.

Homenageadas

Nestas oito edições do Prêmio Barra Mulher, oitenta e uma mulheres já foram agraciadas, entre as quais Daniela Mercury, Mabel Veloso, Consuelo Pondé, Mãe Stella de Oxóssi, Myriam Fraga, Goya Lopes, entre muitas outras.

Uma missão árdua para a comissão julgadora que este ano destacou as personalidades de 2016.Para quem quiser conhecer um pouco mais a trajetória destas mulheres, a partir de amanhã, (09), será aberta uma exposição com fotos e textos contando um pouco da história de cada uma delas. A visitação é aberta ao público até o dia 31/03. Além da cantora baiana de maior prestígio na atualidade, tema do samba-enredo da Grande Rio, Ivete Sangalo, outras nove mulheres empoderadas com suas atitudes em defesa de uma sociedade mais justa, também foram homenageadas. São elas:

Akemi Tahara–Arquiteta e professora assistente da UFBA, teve seu nome selecionado após uma trajetória de grande relevância. Desenvolveu um protótipo de um abrigo-container para pessoas em situação de rua inspirado nas dobraduras do origami. O trabalho foi premiado na Dinamarca.

Ceci Alves –Professora, jornalista e cineasta, mestra em Cinema na Ecole Superieure d’Audio Visuel da Universidade de Tolouse, se destaca com o premiado curta-metragem Doido Lelé (2009) e assina doisfilmes: Da Alegria do Mar e de Outras Coisas e O Velho e o Rei.

Major Denice Santiago –Mestre em Desenvolvimento Territorial e Gestão Social, fundou e coordenou o Centro Maria Felipa que deu início a novas práticas no tratamento com as mulheres dentro da própria corporação e está à frente da Ronda Maria da Penha.

Erica Rusch – Foi eleita em 2016 a advogada mais admirada da Bahia, na área do Direito Ambiental e teve o seu escritório, o Rusch Advogados, eleito o mais admirado do Brasil.

Fátima Suarez– Bailarina, professora e empresária. Responsável pela formação de gerações de dançarinos através do Mantra Centro de Dança, é formada em ballet Clássico, estudou na London Contemporany Dance School e em Nova Iorque na Isadora Duncan Dance Foundation.

Makota Valdina – Religiosa do Candomblé, ativista negra da causa dos direitos humanos é professora aposentada. Seu trabalho é reconhecido pela defesa da liberdade religiosa e como porta-voz das religiões de matriz africana.

Nilza Reis– Juíza federal e professora é formadora de inúmeras gerações de bacharéis em Direito.Participou e orientou diversos Projetos de Extensão, entre os quais, Eleitor do Futuro: Educação Jurídica para Cidadania, teve como objetivo situar o jovem na sociedade e prepara-lo para atuar como cidadão.

Sueide Kintê – A jornalista é uma empreendedora engajada em projetos sociais. Atualmente integra o grupo de mulheres negras Flores de Dan e a Articulação Mulheres & Mídias Bahia.

Vilma Reis – Socióloga, professora da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e coordenadora executiva do Instituto de Educação para a Igualdade Racial e de Gênero (Iceafro).Foi eleita Ouvidora Geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA).

Veja as fotos.