Israel recrutará gays para melhorar sua imagem internacional

Sem categoria
6 de janeiro de 2012
por Genilson Coutinho

Em um movimento surpreendente, o governo israelense indicou nesta quinta-feira que vai recrutar voluntários gays e lésbicas como enviados informais para vender a diversidade sexual do país como um fator atraente para melhorar sua imagem internacional.

Segundo a agência de notícias Associated Press o Ministério da Diplomacia Pública e Assuntos da Diáspora estabeleceu uma rede de contatos com voluntários homossexuais que viajarão a diversos países para falar sobre a aceitação de gays e lésbicas na sociedade israelense.

Em seu site, o Ministério encorajou as minorias e membros da comunidade gay para se apresentarem, e o porta-voz Gal Ilan confirmou que a intenção é destacar a diversidade sexual do país –visto como um oásis entre o conservador Oriente Médio, onde muitos países mantêm a homossexualidade como crime.

Para ele, quando as pessoas pensam no país, muitas vezes esquecem a comunidade gay israelense.

A imagem do país vem sendo abalada nos últimos meses por temas como o ataque ao navio humanitário Mavi Marmara, quando ativistas que tentavam furar o bloqueio naval à faixa de Gaza foram mortos, a consequente crise diplomática com a Turquia, e a recente polêmica envolvendo os judeus ultra-ortodoxos e suas limitações quanto à liberdade das mulheres.Com informações da Falha