Investigado por estelionato Feliciano depõe hoje no STF em Brasília à portas fechada

Sem categoria
5 de abril de 2013
por Genilson Coutinho


Começa hoje, sexta-feira (5) no Supremo Tribunal Federal em Brasília o julgamento do processo que corre naquela instância que tem como réu o deputado federal Marcos Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos do Congresso Nacional.

Na ação o deputado vai depor pelo crime de estelionato. Feliciano que também é cantor da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento teria subtraído cerca de R$ 13,3 mil de uma produtora de eventos evangélicos no Rio Grande do Sul em 209, antes de ser empossado como deputado. Ele não compareceu ao show, porém mandou a fatura de pagamento.

O Ministério Público do Rio Grande do Sul decidiu por denunciar na época o cantor pastor por ele ter sido contratado para a realização de um show gospel em São Gabriel e não ter comparecido, ainda ter cobrado pelo serviço não realizado.

Na defesa Feliciano afirma ter ressarcido a produtora e ter oferecido outro show, porem pela quebra do contrato a multa cobrada seria de 1 milhão de reais, declarou o deputado em nota divulgada a imprensa. O ministro Ricardo Lewandowski, relator do processo decidiu que o depoimento do possível réu acontecerá às postas fechadas, sem a presença do povo e nem de membros da imprensa. A medida adotada pelo ministro tem como finalidade preservar a intimidade.
Feliciano foi recebido com protestos em Salvador
Por Marcelo Cerqueira
Presidente do GGB