Instituto de Cegos da Bahia vai em busca de mais um título na Copa Loterias CAIXA de Futebol de 5-Série A

Serviços
2 de outubro de 2017
por Genilson Coutinho

Salvador será o centro das atenções, como cidade anfitriã da Copa Loterias CAIXA de Futebol de 5 – Série A, que acontece de 02 a 08 de outubro, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras. A iniciativa, da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), mobiliza os esportistas e revela grandes talentos.

Os Estados participantes são Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, e as equipes Associação de Deficientes Visuais de Petrolina (ADVP-PE), Associação Gaúcha de Futsal para Cegos (AGAFUC-RS), Associação Mato-grossense dos Cegos (AMC-MT), Associação Paraibana de Cegos (APACE-PB), Associação Paraibana dos Deficientes Visuais (APADEVI-PB), Associação de Pais e Amigos e Deficientes Visuais (APADV-SP), Associação dos Deficientes Físicos de Pelotas (ASDEFIPEL-RS), Centro Desportivo Maranhense de Cegos (CEDEMAC-MA), Caixa Escolar do Instituto Benjamin Constant (CEIBC-RJ), Instituto de Cegos da Bahia (ICB-BA), Instituto Sul-Matogrossense para Cegos Florivaldo Vargas (ISMAC-MS) e Urece Esporte e Cultura (URECE-RJ).

O Instituto de Cegos da Bahia (ICB), como atual campeão e anfitrião, enfrenta, na abertura, o ISMAC-MS, dia 03/10, às 8h30. Dia 04/10, às 15h30,  a APADEVI-PB, e dia 05/10, às 14h, a APADV-SP. Os jogos das fases seguintes serão organizados conforme a classificação dos participantes. A final será no domingo (08/10), às 10h. A equipe baiana já conquistou sete vezes a Copa.

Compõe o grupo: chefe da delegação Virgílio Leiro,  técnico Gerson Coutinho, auxiliar técnico Rondinei Paixão, fisioterapeuta Vinicius Serravalle, e os atletas Erenilto Cerqueira, Ricardo Oliveira (goleiros), Cássio Reis, Jefferson Gonçalves, Alex Motta, Selmi Nascimento, Lucas Almeida, Maicon Mendes, Tiago Nascimento e Adailton Filho.

O técnico Gerson Coutinho está otimista, confiante na equipe, pelo retrospecto de conquistas, inclusive com a presença de quatro selecionáveis: Cássio, Jefferson (Jefinho), Tiago e Maicon, mas ao mesmo tempo com uma postura realista, de que cada jogo é um jogo. “Disputamos as competições, treinando com afinco e sempre  procurando ganhar, mas respeitando os adversários”, comenta.