Insensato Coração terá parada gay

Sem categoria
15 de julho de 2011
por Genilson Coutinho

A Novela  “Insensato Coração” que trouxe pela primeira vez na tevê brasileira um núcleo recheado de temas e situações do universo gay  não para de inovar e colocar no horário nobre assuntos do cotidiano dos homossexuais brasileiros.

Na última terça feira foram gravadas na praia do Leme uma Parada Gay fictícia liderada por  Natalie (DeborahSecco) e Roni (Leonardo Miggiorin) ao lado da drag e militante Salete Campari em uma rápida participação no folhetim .

Nas cenas gravadas também participaram da cena Douglas (Ricardo Tozzi), a mãe da ex-participantede reality show, Haidê (Rosi Campos), Xicão (Wendell Bendelack) e Sueli (LouiseCardoso), mãe de Eduardo (Rodrigo Andrade), que acaba de sair do armário na trama.

Veja também

Insensato Coração: Paula vai dar piti no meio da Barão de Gamboa ao descobrir que seu ex é gay

O capítulo da próxima terça-feira, 19, de Insensato Coração vai contar com a cena em que Paula (Tainá Müller) descobre que seu ex-namorado Eduardo (Rodrigo Andrade) é gay. Eduardo não contou a ela sobre sua homossexualidade e a garota vai descobrir tudo da pior maneira possível: numa festa na Barão de Gamboa ela vai ver Hugo (Marcos Damigo) fazendo carinho em Eduardo.

Paulo vai até eles, acompanhada de Bibi (Maria Clara Gueiros) e pede para que os dois saiam da festa e procurem um clube gay. Ela também chama Eduardo de “bichinha”. Bibi vai intervir.

Confira o Bafho

Paula: Você não tem vergonha, não? A tal da ‘outra pessoa’ com quem você tava envolvido é um homem? Você é veado, Eduardo?”

Hugo: Se acalma, garota!

Paula: Não se dirija a mim! A conversa não chegou na sua zona de promiscuidade!

Hugo: Garota, entendo que você esteja magoada. Afinal, você já teve uma história com o Edu. Mas este palavreado pode te render um processo!

Paula: Tô é enojada! Quem essa bichinha pensa que é pra me processar?

Eduardo: É advogado. E é melhor medir suas palavras. Você já deve ter sacado que a família Cortez não é intocável.

Paula: Não vou! Tô na minha área! Esses dois têm que ir para uma boate gay, sei lá onde essa gente se encontra! Aqui tá cheio de amigo meu. Desfilei meses ao lado desse desgraçado, imagina se vou deixar essa bichinha me fazer passar vergonha!

Eduardo: A opinião dos outros é só o que te interessa, né? Você só se importa com as aparências!

Paula: Se gosta de homem, estava fazendo o que comigo? O que você queria era mudar de status social!

Eduardo: Se fosse assim, eu teria aceitado o carro que você quis me dar. Aguentei seu gênio, seu mau humor porque eu queria que desse certo. Mas não deu.