“Insensato coração” na luta contra a homofobia

Sem categoria
11 de abril de 2011
por Genilson Coutinho

As aberrações do  deputado federal Jair Bolsonaro referente aos negros e aos homossexuais abriram o circulo de debates e posicionamento na  luta contra a homofobia em diversos seguimentos da sociedade, das mídias socais as redes de televisão.

Os debates voltaram com toda força essa semana após a mobilização dos atores da novela “Insensato coração” que se declaram a favor da aprovação do projeto que criminaliza o preconceito contra homossexuais. Para incentivar e fortalecer o movimento, os atores do folhetim pousaram com bandeiras e símbolos que representam a comunidade LGBT .

 

 

 

 

 

Em entrevista a coluna Retrato da Vida do jornal Extra Paola Oliveira afirmou que tudo isso é o reflexo de uma educação machista nas escolas. “É o homem que tem que ser rico, abrir a porta do carro e pagar a conta do restaurante. Por que? O certo é a mulher ir em busca da sua riqueza. Tudo que acontece de ruim, seja a violência ou a falta de respeito em relação à sexualidade, vem da falta de educação”, sentenciou ela.

 

 

 

 

 

 

 

 

As declarações de Paola se estendem para os atores Rodrigo Andrade, Eriberto Leão e Tainá Muller que se posicionaram em favor da causa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos de Bruna Prado