Ikaro Kadoshi e Érica Salazar vão apresentar o Miss Brasil Gay 2017

Notícias
11 de julho de 2017
por Genilson Coutinho

A glamourosa edição do Miss Brasil Gay 2017 terá Érica Salazar e Ikaro Kadoshi como mestres de cerimônia. Os anfitiriões irão conduzir as apresentações das misses e revelar quem será eleito o mais belo transformista do país. O evento acontece dia 19 de agosto, no Terrazzo. No palco, eles vão performar dentro do tema deste ano, “Masculino e Feminino, a arte do transformismo”, abrindo a série de surpresas que irão brindar o público ao longo do evento.

Os dois mestres de cerimônia têm em comum o carisma e afinidade com o público LGBT. Érica Salazar é ícone do jornalismo juiz-forano por sua simpatia e tradição. Está na TV Integração (afiliada Rede Globo) há 19 anos, 16 deles à frente da apresentação do MGTV. Será a segunda mulher a apresentar a premiação, e trará sua voz marcante e alto astral para deixar a noite ainda mais especial.

“Apesar de ser uma festa de luxo e glamour, é um evento muito importante para discutir e se posicionar. O Miss Brasil Gay chama outras festas e debates em todo o país”, destaca a jornalista, ressaltando que a premiação reúne um público diversificado, além do LGBT, que vai ao evento para se divertir e se encantar.

Ikaro Kadoshi possui uma carreira internacional consolidada, sendo eleito uma das 34 drags queens mais conhecidas do mundo, além do programa RuPaul’s Drag Race. Ele será um dos apresentadores do programa “Drag Me as a Queen – Uma Diva Dentro de Mim!”, do canal E!.

Nesta edição do concurso, Ikaro atua na Direção Artística do espetáculo e também sobe ao palco para apresentar a premiação. Ele destaca a responsabilidade e alegria em fazer parte do Miss Brasil Gay 2017. “Um evento como esse diz muito sobre existência, aceitação, respeito e beleza. É um patrimônio nacional da tolerância ao próximo; da existência pacífica entre todas as classes e seres; da união em prol da elegância, carisma e beleza que irão consagrar uma pessoa: a detentora do título de Miss Brasil Gay 2017”.

 Sobre o Miss Brasil Gay

Com o tema “Masculino e Feminino, a arte do transformismo”, o Miss Brasil Gay está de volta depois de quatro anos. O maior e mais importante concurso gay do país chega a sua 37ª edição com objetivo de eleger o mais belo transformista do país. A atual Miss Brasil Gay, coroada em 2013, é Sheila Veríssimo.

O Miss Brasil Gay visa ser um evento social, com ingressos a preços populares, estrutura de qualidade, além de shows e presença de artistas reconhecidos nacionalmente. O concurso também tem como objetivos se tornar instrumento de luta em favor dos direitos dos homossexuais no Brasil e reposicionar a cidade de Juiz de Fora na rota do turismo LGBT, nacional e internacional.

 Serviço

1º lote de ingressos

 Pista e Arquibancada

– Promocional: R$30 + 1Kg de alimento

– Meia: R$30

– Inteira: R$60

 Camarote: R$105 por pessoa; área privilegiada, com lounges e bar exclusivo

 Mesa: R$130 por pessoa

Pontos de venda:

Zé Kodak – Rua Halfeld

Zine Cultural

www.missbrasilgay.com