Homossexuais e o direito de envelhecer será tema de programa TV Brasil nesta quinta-feira (4)

Comportamento, Social, Televisão
3 de junho de 2015
por Genilson Coutinho
Odair Bento Ferreira e Claudio Gomes do Nascimento, cabeleireiros, já foram casados e hoje dividem o mesmo teto e o mesmo salão onde são cabeleireiros.

Odair Bento Ferreira e Claudio Gomes do Nascimento, cabeleireiros, já foram casados e hoje dividem o mesmo teto e o mesmo salão onde são cabeleireiros.

Primeiro, eles tiveram de lutar para ser. E agora, na condição de idosos, deparam-se com a questão da sexualidade. “A última gracinha que eu ouvi, eu estava com minha filha abraçada numa universidade particular. O cara disse: ‘já que gosta de mulher, você poderia descolar uma mais nova, a não ser que ela te banque’“, diz Yone Lindgren, 59 anos, coordenadora do movimento D´Ellas.
A maioria dos entrevistados disse ao Caminhos da Reportagem que nunca pensou na velhice e, menos ainda, na solidão. “A gente perde a autoestima, a solidão dói muito. Hoje, se eu for dançar num local público, os gays mais jovens perguntam: ‘o que essa maricona velha está fazendo aqui?’”, relata Josemar Pereira, chefe de Recursos Humanos.
Os homossexuais que envelhecem sem família, no Brasil, queixam-se do preconceito e, acima de tudo, da solidão. “Meu amor, sorria, você é anônimo”, diz a cantora Angela Ro Ro, 65 anos e uma das primeiras a se declarar lésbica no país.
Confira os horários:
Quinta, às 22h | Segunda, Terça, Quinta e Sábado, às 5h30 | Domingo, à 1h45