Homofobia no futebol é tema do documentário “BICHA”

Comportamento, Social
12 de junho de 2018
por Genilson Coutinho

Em ano de Copa, é natural discutir escalação, seleções favoritas ao título e estádios, mas, infelizmente pouco se fala sobre os preconceitos jogados nos campos de todo o Brasil. Para pôr em jogo a homofobia no futebol e discutir os seus desdobramentos, a Vice Brasil lança o documentário BICHA!

Feito em parceria com a Skyy Vodka e a Artplan, o conteúdo traz à tona um debate inédito sobre a homofobia no futebol brasileiro que passa pelas arquibancadas até a imprensa esportiva do país.

Murilo Megale, host e roteirista do documentário, explica que o nome dado ao projeto surgiu do meio de ofensa e manifestação de ódio dentro do campo de futebol, que ocorre no momento do tiro de meta do goleiro adversário. Segundo Megale, o Brasil já é hexa nesse quesito, punido 6 vezes por gritos homofóbicos em jogos da Seleção Brasileira nas eliminatórias para a Copa 2018. Confira abaixo o teaser do filme:

O documentário é dividido em três diferentes esferas e pontos de vistas: torcida, clube e imprensa, trazendo entrevistas com personagens fundamentais para influenciar as pessoas e o futebol brasileiro, como Gabriela Moreira (ESPN), Walter Casagrande Jr (Globo), clubes de alto escalão, torcedores e torcidas organizadas da série A, jogadores famosos como o pentacampeão Vampeta, Renato, do Santos Futebol Clube, além do público homossexual que tem que frequentar os estádios de maneira secreta.

“O objetivo do documentário não é apontar o dedo, mas sim colocá-lo na ferida. Passou da hora de debatermos esse assunto dando a relevância necessária e entendendo o que pode ser feito para melhorar a questão com iniciativas positivas,” conta o host.

A parceria com SKYY Vodka dá continuidade ao projeto Casa Ponte que tem o propósito de romper barreiras e manter acesos os holofotes para a homofobia em diversas áreas da sociedade.

O documentário irá ao ar no site do veículo e nas redes da Vice a partir de 13 junho.