Homofobia e gordofobia são temas abordados em nova campanha da Natura; assista

Comportamento, Social
13 de abril de 2017
por Genilson Coutinho
657556-970x600-1

Johnny Hooker

A Natura assumiu um novo posicionamento na campanha de sua linha de maquiagem “Natura Faces”. Com a cidade como causa, a campanha digital provoca o público a refletir: #Quemévocênarua? Criado pela agência SalveTribal Worldwide e produzido pela Delicatessen, o vídeo dá voz a tensões sociais que ocorrem nos espaços urbanos, como assédio, imposição de padrões de beleza e preconceito relacionado a orientação sexual, cor e pessoas com deficiência.

Para fomentar o debate, cinco influenciadores que vivem na pele essas questões e estimulam diálogos relevantes nas redes sociais protagonizam a ação. A modelo e apresentadora de TV Ellen Milgrau fala sobre respeito às mulheres; a drag queen Aretha Sadick, sobre igualdade de gêneros; o cantor pernambucano Johnny Hooker discute homofobia e o uso de maquiagem por homens; a modelo plus size Mayara Efe desabafa sobre gordofobia e a youtuber Mariana Torquato puxa a conversa sobre a inclusão de pessoas com deficiência.

Na segunda fase da campanha, cinco pílulas de 15 segundos com cada um dos membros dessa “gangue” de Natura Faces reforçam suas atitudes frente aos preconceitos que enfrentam no cotidiano. “São todos representantes de um novo jeito de olhar, viver e redescobrir a cidade”, diz Maria Paula Fonseca, diretora da unidade global de cosmética da Natura.

Para James Scavone, Chief Creative Officer da SalveTribal Worldwide, o território das cidades é fértil para o universo da beleza viva. “O seu dinamismo e criatividade oferecem uma troca muito rica e apresenta um leque muito grande de histórias e personificações” afirma. Com o conceito “#tánacara #tánarua”, Natura Faces foi relançada em fevereiro de 2017.

A marca acompanha as transformações que acontecem ao redor do mundo, para isso, a linha renovou suas embalagens e ampliou seu portfólio com produtos multibenefícios e combináveis entre si.