Comportamento

Social

Homens chantageiam casado que encontraram no Grindr

Genilson Coutinho,
22/08/2015 | 11h08

grad

Dois homens foram condenados após chantagearem um usuário casado do famoso aplicativo Grindr na Inglaterra.

Daniel Edwards, de 29 anos, e Kristofer Wagner, de 30, salvaram mensagens que o homem enviou e exigiram dinheiro para que não as mostrassem à mulher da vítima.

O homem chegou a dar aos criminosos 1.500 libras (cerca de R$ 8.200). A Justiça tratou o caso como crime de ódio homofóbico.

Edwards foi sentenciado dois anos e 10 meses de prisão e Wagner, a um ano e oito meses. “Este caso mostra que a homofobia pode existir mesmo em uma situação onde menos se espera”, disse a promotora Kate Lewis.

“Nós consideramos o caso como um crime de ódio homofóbico por causa da percepção de que os réus foram motivados pela hostilidade para com a vítima por causa de sua sexualidade”, explicou.Com informações do Parou Tudo.