Homem pratica atentado em ônibus na Carlos Gomes, e invade bares LGBTQ de Salvador nessa madrugada

Notícias
1 de dezembro de 2019
por Genilson Coutinho

Os clientes e donos dos bares Caras&Bocas e Âncora do Marujo, no Centro de Salvador, foram surpreendidos por um homem chamado Sinho Macedo, que iniciou um atentado violento em um ônibus que circulava na Carlos Gomes, agredindo os passageiros, que pararam o coletivo em frente ao bar Caras&Bocas.
De acordo com Rosy Silva, proprietária do bar, ele desceu do ônibus e invadiu o local, causando diversos prejuízos, arrancando mesas e quebrando garrafas. A artista Valerie o’rarah  entrou em luta corporal para tentar conter o agressor, que pegou a esposa da empresária como refém, puxando a mesma pelos cabelos, tentando jogá-la debaixo de um ônibus.
Após agredir os presentes, ele seguiu em direção ao Bar Âncora do Marujo, mas não conseguiu entrar no bar, em razão do dono, e de Vanusa Alves, funcionária do bar, entrarem em luta corporal para preservar o estabelecimento e os clientes.
A polícia foi acionada e conseguiu prender o agressor.
As vítimas encontram-se neste momento na delegacia, aguardando a chegada do agressor, para dar o flagrante.
Em conversa com Alessandra Leite, ainda muita abalada, ela contou ao Dois Terços que estão na delegacia, à espera da chegada do agressor, que se encontra em uma unidade de saúde, e se nega a receber atendimento médico, pois só após atendimento é que o agressor poderá ser encaminhado para a delegacia.
As vítimas das agressões estão bastante abaladas com a situação, e na espera do agressor para tomarem as devidas providências legais.
O perfil do agressor já circula nos grupos sociais, mostrando um pouco do temperamento dele, que já chegou a ser candidato a vereador em sua cidade e se diz defensor da causa LGBT.
De acordo com clientes do Bar que reconheceram o agressor, ele é gay, frequenta saunas de Salvador, agride os clientes e cria confusão para ser expulso e não pagar a conta.