Notícias

Homem é agredido e chamado de ‘viadinho’ por usar camisa rosa

Genilson Coutinho,
26/10/2016 | 18h10

Um homem de 32 anos foi agredido por dois homens por estar usando uma camisa rosa.

O caso ocorreu na última sexta-feira na cidade de Blenhein, na Nova Zelândia.
Segundo publicação do jornal “Extra”, Kent Morgan, que é heterossexual, retornava do  pub onde trabalha como barman quando foi abordado na rua pelos agressores com  xingamentos homofóbicos como “viadinho da camisa cor de rosa”.
O jovem, que é casado e pai de um menino,  resolveu não reagir as agressões verbais decidiu ignorar e continuar caminhando, porém não conseguiu escapar.
“Preferi continuar andando, até porque não tinha o que ser dito. Os dois pareciam estar bêbados. Mas um deles virou pra mim e disse: ‘Não me ignore!’. Continuei caminhando por cerca de 30 metros quando ouvi alguns passos se aproximando”, contou ele  ao site “Stuff”.
Kent sofreu ferimentos leves na cabeça. “Um dos caras veio pela frente e eu bati nele algumas vezes, então o outro me agarrou por trás. Eu o segurei pelas orelhas e mordi uma de suas bochechas”, relembra Kent.
Após ser atendido um hospital, o barman  prometeu à esposa que nunca mais voltaria a pé do trabalho para sua casa. “A postura destes caras é claramente uma chaga. Talvez a camisa rosa seja apenas uma desculpa para agredir alguém. Só sei que, apesar de ter precisado jogar a camisa fora, vou continuar usando rosa, é minha cor favorita”,