Homem afirma que virou gay após tomar analgésico, mas pretende continuar tratamento

Notícias
18 de abril de 2018
por Genilson Coutinho

(Foto: Reprodução/Daily Star)

Observatoriog

Um homem britânico que se identificava como hétero, alega que passou a sentir desejo e atração por homens após começar um tratamento com o analgésico pregabalina, muito indicado para casos de fibromialgia.

 Em entrevista ao Daily Star, Scott Purdy, de 23 anos, contou que iniciou o tratamento com o medicamento para tratar uma fratura no pé, após um acidente de kart, no final do ano passado. Logo, a droga o fez perder o apetite sexual pela sua namorada, levando ao fim do relacionamento e em seguida aumentou a sua atração por pessoas do mesmo sexo.

“Eu notei que minha libido para mulheres tinha ido embora e eu estava querendo atenção masculina. Eu nunca me interessei por homens. Quando eu era mais novo, até que era um pouco curioso, no entanto, algumas semanas depois de começar o tratamento, virei para minha namorada e disse que não a achava mais atraente”, revelou ao tabloide inglês.

O britânico ainda explicou que resolveu tornar a sua experiência pública como uma forma de alerta. “Eu só acho que as pessoas deveriam saber disso. Se alguém receber a prescrição do remédio, no futuro, acho que eles devem saber o que essa medicação pode fazer. Demorei um pouco para perceber o que era. Parei de tomá-lo por algumas semanas e o desejo por homens acabou.”

Apesar do “efeito colateral” inusitado, Purdy afirma que não pretende interromper o tratamento. “Eu quero continuar, porque me faz feliz com a minha sexualidade. A pregabalina também é usada para controlar a paranoia e a ansiedade. Isso me fez tão bem que não me incomodei com o que as pessoas pensam ou dizem”, contou.