Harry Louis diz ter sido discriminado em Starbucks de SP

Comportamento, Social
16 de dezembro de 2014
por Genilson Coutinho

magia

O DJ, modelo e ex-ator pornô Harry Louis afirma ter sido vítima de homofobia em uma das unidades da rede de cafeterias Starbucks de São Paulo. O episódio teria acontecido na manhã da última terça-feira, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, quando Harry fazia conexão para o Rio de Janeiro. Com medo de perder o voo, ele teria perguntando a uma atendente se a loja demoraria a abrir, desagradando a atendente. Irritada, a moça teria perguntado se ele não queria ficar com o avental dela. “Não, pois não fica bem em mim”, ele respondeu. Foi então que a mulher disparou: “Vira homem que aí não te ofereço meu avental!”. Harry publicou um vídeo em seu perfil no Instagram mostrando sua indignação. “Me assustou a extrema falta de preparo e educação dessas pessoas que trabalham nesse local! E ainda por cima, para acabar com tudo, ainda sofrer de homofobia em lugar tão “seleto” como a Starbucks é surreal!”. Em nota oficial, a rede de cafeterias informou que vai verificar o ocorrido e que a empresa não tolera qualquer tipo de discriminação. O DJ pretende processar a empresa pelo episódio.