Grupo gay de Camaçari premia parceiros da causa LGBT – Domigo, 25 tem parada gay

Sem categoria
25 de setembro de 2011
por Genilson Coutinho

Foto: Sinval Rios divulgação 2011 - Ao centro de preto Paulo Paixão GGC com os garciados da noite de premiação em Camaçari

Uma noite gloriosa marcada por momentos de emoção e apreço ao Grupo Gay de Camaçari (GGC) aconteceu ontem na Câmara Municipal por ocasião da entrega do prêmio Cidadania e Prevenção Dr. Eduardo Barbosa. A cerimônia que tinha previsão de começo para as 20h começou com 40min de atraso devido a uma situação que acabou por interditar parte da Via Cascalheira que liga a Estrada do Coco a Camaçari por volta das 19hs fez com que alguns dos agraciados não chegassem a tempo atrasando o evento.

Mas o atraso não tirou o brilho da festa nem foi motivo de transtorno aos participantes que lotaram o plenário da Câmara Municipal. A parte festiva ficou por conta do Samba Parafuso de Abrantes, agremiação popular que começou entoado toques e letras de sambas da região ao tempo que três sambistas desenvolviam no pé as letras e convidavam os participantes para caírem na roda de samba. Um dos momentos mais aplaudido foi quando a dançarina e cantora da banda O Bumm, Rosiane Pinheiro tirou o salto de numero 15 e caiu no samba, o povo aplaudia o gingado e a graça da cantora.

A parte cívica do evento ficou por conta da cantora local Lais Martins que fez a execução á capela do hino de louvor á cidade de Camaçari seguido da execução do Hino Nacional por integrante da Policia Militar da Bahia. Os trabalhos foram presididos pelo vereador Zé Elizio, presidente da Casa Legislativa.

Na bancada, o homenageado da noite Dr Eduardo Barbosa, secretário Municipal de Administração Ademar Delgado e Paulo Paixão presidente do GGC como mestre de cerimônia. Eis que surge no centro o último número artístico da noite, Natacha Kiss trajando vestido dourado com detalhes em pedras e uma enorme calda interpretava uma canção romântica para os aplausos do público. O Dr Eduardo que fica na cidade até o domingo após a 10 Parada veio acompanha da sua mãe e de mais dois familiares. Ele recebeu seu prêmio e outro destinado ao ministro Padilha da Saúde. Eduardo ressaltou os avanços municipal em favor dos LGBT ” Camaçari é motivo de orgulho para todos nós”, disse.

A premiação foi dividida em cinco blocos nas categorias; Publicidade e Comunicação, Justiça e Cidadania, Personalidade Atuante, Artes e Artista, Organização não Governamental, OSC e Poder Público. O estilista Di Paula, 50 anos, recebeu o prêmio na categoria Artes e Artistas ele começou o seu discurso emocionado pelo reconhecimento do seu trabalho e no decorrer ressaltou sua contribuição a causa através de seu trabalho como costureiro e pontuou os altos índices de violência e homofobia “ Eu sou de uma época que não havia tanta violência e intolerância como hoje em dia”, disse o modista.

Na categoria ONG o Grupo Gay da Bahia (GGB) recebeu o prêmio graças aos esforços institucionais da entidade em constantemente denunciar esses índices de violência homofobia no Brasil. A premiadíssima agência Propeg de Publicidade recebeu através de Michele Esteves o prêmio pelo vídeo produzido para o GGB que divulgava a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considera as uniões homo-afetivas como entidade familiar.

Mas sem dúvida o ponto alto da premiação ocorreu no discurso do secretário Carlos Silveira da Secretaria de Ação Social. Ele recebeu o prêmio na categoria de Poder Público. O secretário pontuou os avanços da política LBBT municipal através da instituição em sua pasta da Gerência LGBT que tem como titular o ativista Paulo Paixão.

Ele também aproveitou o momento para anunciar que os LGBT da cidade a partir do próximo mês poderão contar com um outro serviço de atenção. “Anunciamos aqui a instituição da Coordenação LGBT municipal que vai ser capaz de receber e acompanhar o cidadão LGBT na cidade em suas necessidades”, disse.

O secretário também pontuou que nos próximos dias a travesti Natacha Kiss irá receber um imóvel financiado pelo Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal naquele município fato que o secretário considera uma grande conquista por ser o reconhecimento de uma pessoa travesti na condição de chefe de família, uma vez que o programa prioriza mulheres nessa condição.

Na Câmara o evento teve fim por volta das 23h e seguiram as comemorações no auditório da Casa do Trabalhador onde foi servido coquetel que terminou por volta das 0h. O evento contou com a presença da vereadora municipal de Salvador Marta Rodrigues (PT-SSA) uma das agraciadas. A deputada Luiza Maia impossibilitada de comparecer por conta de uma virose mandou representante garantir sua participação na 10ª Parada nesse domingo e receber o seu

Por Marcelo Cerqueira

Presidente do GGB