Grupo Curitibano O Estábulo de Luxo apresenta repertório em Salvador

No Circuito, Teatro
9 de setembro de 2014
por Genilson Coutinho

MEDEIA_CRÉDITOS TAMIRIS SPINELLI

Salvador receberá a trupe curitibana O Estábulo de Luxo, que faz curta temporada de 18 a 20 de setembro, no Teatro do Movimento (Escola de Dança da UFBA – Campus Ondina), sempre às 20h, com entrada franca. Contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2013, o projeto Circulação de Luxo percorre as cidades de Curitiba (PR), Londrina (PR), Juazeiro do Norte (CE), Belo Horizonte (MG), apresentando os espetáculos do repertório do núcleo Wunderbar, As Tetas de Tirésias – Vamos esbofetear Ulisses, Medéia – Um espetáculo transgênero, vingativo e gotejante e Hidra de Lerna. O público soteropolitano terá a oportunidade de conhecer o pensamento cênico do coletivo, além de participar da Oficina Cena Híbrida, com 15 vagas para artistas e performers.

De acordo com Danielle Campos, atriz e diretora membro fundadora do grupo, nos quatro espetáculos as discussões de gênero e identidade são filtros de leitura para textos clássicos da literatura e dramaturgia mundial. Com diferentes recortes, o universo do Teatro de Variedades, o cabaré, o vaudeville, o manifesto, o circo-teatro e os genuinamente brasileiros Teatro de Revista e de Rebolado são usados para reapresentar obras já presentes no imaginário popular como o mito grego de Medea, as obras de Lewis Carrol, Alice no País das Maravilhas e Alice através do Espelho, o drama surrealista “As Mamas de Tirésias” de Guillaume Apollinaire, e por fim a reelaboração da mitológica Hidra de Lerna.

“Os espetáculos que compõe a circulação de luxo prestam homenagens de diferentes formas ao Teatro de Revista, gênero teatral genuinamente brasileiro, seja como temática, recurso poético ou pelas fortes discussões políticas em seu formato” comenta o diretor e ator Ricardo Nolasco que nos últimos anos tem se dedicado a estudar o teatro de revista e suas manifestações na atualidade, assim como o desenvolvimento de uma pesquisa a respeito da reinvenção do cabaré através de uma cena híbrida e marcante ao mesclar elementos das artes cênicas, performáticas e literárias.

O Grupo – O Estábulo de Luxo é um dos grupos que tem se destacado no cenário atual curitibano por sua pesquisa continuada a respeito do formato do cabaré e seus desdobramentos na história das artes e na atualidade. Em 2013 foi indicado ao Troféu Gralha Azul nas categorias melhor sonoplastia e melhor atriz (Patricia Cipriano) pelo espetáculo “As Tetas de Tirésias- Vamos Esbofetear Ulisses”. É também um dos vários grupos e artistas independentes, que dividem a gestão e a programação do Espaço Cultural Casa Selvática – espaço cultural e de pesquisa que movimenta a cena curitibana com uma programação voltada a experimentação e a pesquisa de linguagem, bem como ao intercâmbio artístico através de residências e mostras de criação.

Também compõe a programação uma oficina ministrada pelos criadores do núcleo Ricardo Nolasco e Daniela Passarinho, intitulada “Cena Híbrida”. Mais informações podem ser encontradas no endereço: selvaticaacoesartisticas.wordpress.com

Sinopse dos espetáculos:

WUNDERBAR

Criada a partir da obra de Lewis Carrol.

Roteiro e direção: Ricardo Nolasco

Elenco: Danielle Campos, Leonarda Glück, Stefano Belo, Victor Hugo Vieira e Daiane Cristina

Lewis Carroll transubstanciado e dublado orgulhosamente apresenta a heroína da noite, a heroína da veia, com rapidez porque o tempo destrói tudo. Alice fareja e caça um coelho ariano sem olhar para os lados ao atravessar ruas. Buracos são abertos pela prefeitura por todos os cantos em época de eleição, a menina não tem medo de escorrer por buracos errados. Quer ver a sua cidade por baixo.

AS TETAS DE TIRÉSIAS – VAMOS ESBOFETAR ULISSES

Roteiro: Ricardo Nolasco

Direção: Gabriel Machado e Ricardo Nolasco

Elenco: Danielle Campos, Patricia Cipriano e Leonarda Glück

Artista convidada: Paula Lice

Uma peça de teatro surrealista baseada na obra de Guillaume Apollinaire é o ponto de partida para um tratado bélico. Novamente o amor, a paixão, o feminismo e a revolução. Ideologias datadas recriam o mito tebano de Tirésias. Teresa/Tirésias muda de sexo para ter poder entre os homens, alterar os costumes, acabar com o passado e estabelecer a igualdade entre os sexos.
MEDÉIA – UM ESPETÁCULO TRANSGÊNERO, VINGATIVO E GOTEJANTE

Roteiro e direção: Daniella Passarinho

Elenco: Ricardo Nolasco, Stéfano Belo, Patricia Cipriano, Daiane Cristina e Leonarda Glück

Com direção e dramaturgia de Daniela Passarinho (heterônimo da atriz e diretora Danielle Campos), o espetáculo reconstrói o clássico de Eurípedes, valorizando discussões a cerca do feminino e do grotesco. A encenação refere-se aos circo de horrores (espetáculos populares apresentados entre o final do século XIX e ínicio do XX onde eram expostas de maneira espetacular “aberrações da natureza” como a mulher barbada, aleijões e siameses), lugar propício para a apresentação ironica do arquétipo da mulher como monstro.

HIDRA DE LERNA

Roteiro e direção: Ricardo Nolasco

Elenco: Stéfano Belo

Sempre chamou a atenção do diretor e dramaturgo Ricardo Nolasco de qual ponto de vista as histórias são contadas e foi isso que o motivou a escrever para o ator Stefano Belo essa cena curta, elaborada a partir da possibilidade de uma resposta desse monstro para Hércules. Assim, o monstro não é apenas um desafio para provar a astúcia de um dos principais heróis gregos, mas sim uma criatura cheia de razões e opiniões, um corpo anormal que se ergue contra um herói que simboliza as regras, a ordem e um domínio masculino.

A encenação tem como referência cabarés clandestinos erguidos seja em meio de territórios pantanosos ou no interior do nordeste brasileiro. Lugares não oficiais onde discursos como de mulheres negras, latinas e exiladas podiam ser ouvidos no ínicio do século passado.

FICHA TÉCNICA DO PROJETO:

Coordenação: Ricardo Nolasco, Danielle Campos e Gabriel Machado

Elenco: Leonarda Glück, Patricia Cipriano, Danielle Campos, Stéfano Belo, Daiane Cristina, Victor Streit e Ricardo Nolasco

Realização: O Estábulo de Luxo

Produção: Selvática Ações Artísticas

Produtores: Gabriel Machado e Renata Cunali

PROGRAMAÇÃO:

Toda a programação é gratuita

SALVADOR

18 DE SETEMBRO (QUINTA-FEIRA) –

20h – Apresentação do espetáculo Wunderbar

19 DE SETEMBRO (SEXTA-FEIRA) –

20h – Apresentação da cena Hidra de Lerna

20h30 – Apresentação do espetáculo As Tetas de Tirésias – vamos esbofetear Ulisses

20 DE SETEMBRO (SÁBADO)

09h ÀS 13h – Oficina Cena Híbrida

20h – Apresentação do espetáculo Medéia – um espetáculo transgênero, vingativo e gotejante