Grindr muda o serviço e inclui opção para trans e não-binários

Notícias
21 de dezembro de 2017
por Genilson Coutinho

 

Paramocinhos

Desde o final de novembro alguns usuários do Grindr devem ter percebido novas opções na configuração do perfil, além de alguns rostos femininos na timeline. O app de relacionamento entre LGBT’s fez algumas mudanças para incluir pessoas trans e outras identidades de gênero. Com a pergunta “Como você se identifica” o perfil apresenta as opções homem, homem cis e homens trans, além de mulher, mulher cis, mulher trans e não binários.

A medida foi tomada após a plataforma consultar a National Center for Transgender Equality, um grupo de defesa dos direitos das pessoas trans. A aplicativo afirma que é usado por três milhões de usuários todos os dias, tornando-a na rede social queer mais popular do planeta.

“Uma coisa que ouvimos uma e outra vez de pessoas trans que usam o Grindr, era que eles se sentiam indesejáveis ​​porque outros usuários geralmente, só querem perguntar-lhes sobre o que significa ser trans ou abordar sem saber falar respeitosamente sobre questões trans”, afirmou Harrison-Quintana, diretor do Grindr. “É por isso que criamos recursos escritos ligados dos campos de identidade de gênero no perfil para responder as perguntas dos usuários e diminuir esse fardo para pessoas trans”.

Além disso, o aplicativo criou um  FAQ com informações sobre como interagir respeitosamente com pessoas transgêneros e não binárias e informações sobre identidade de gênero.

*O binário de gênero é a classificação do sexo e do gênero em duas formas distintas, opostas e desconectadas de masculino e feminino; homem e mulher. É um dos tipos gerais de sistemas de gênero.