Grande Sertão: Veredas chega a Salvador em sessão única

No Circuito, Teatro
15 de julho de 2018
por Genilson Coutinho

Foto: Divulgação

Como transpor ao palco uma leitura da maior obra literária brasileira do século 20? Mais que uma pergunta, esta foi a missão da diretora teatral Bia Lessa ao decidir coisificar os universos contidos em Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa, e as inúmeras possibilidades de análise do romance. A resposta será apresentada ao público de Salvador, no próximo dia 21 de julho (sábado), na Sala Principal do Teatro Castro Alves.

O espetáculo, vencedor do Prêmio APCA 2017 na categoria Melhor Direção (Bia Lessa), do Prêmio Shell nas categorias Melhor Direção (Bia Lessa) e Melhor Ator (Caio Blat) e do Prêmio Bravo! 2018 na categoria Melhor Espetáculo de Teatro (Grande Sertão: Veredas), chega à Bahia após temporadas de casa lotada, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

 No elenco estão Caio Blat, Luíza Lemmertz, Luísa Arraes, Leonardo Miggiorin, Leon Góes, Balbino de Paula, Daniel Passi, Elias de Castro, Lucas Oranmian e Clara Lessa. Para dar vida ao mítico sertão, Bia reuniu nomes como Egberto Gismonti (trilha sonora), Camila Toledo (concepção espacial, com a colaboração de Paulo Mendes da Rocha), Sylvie Leblanc (figurino) e Fernando Mello da Costa (adereços).

 A grande estrutura tubular concebida lembra um claustro, uma gaiola. Instalada no palco, também é, ao mesmo tempo, cenário de violentas batalhas e de reflexões profundas. Os figurinos são uma leitura do sertão, sem regionalizá-lo – são personagens do mundo.

 Apesar de todos compartilharem o espaço na plateia, cada um terá uma experiência única: os espectadores que estiverem no palco usarão fones de ouvido que permitirão escutar separadamente a trilha sonora, as vozes dos atores, os efeitos sonoros e sons ambientes, levando-o a um nível inédito de interação com a dimensão sonora do espetáculo.
A trilha sonora completa a atmosfera do Grande Sertão: Veredascomposta por três camadas: os ruídos e sons ambientes, a música composta por Egberto Gismonti e a trilha sonora que representa nossa memória emotiva, com músicas que fazem parte de nosso imaginário.

 GRANDE SERTÃO: VEREDAS
Local: Sala Principal do Teatro Castro Alves – Praça Dois de Julho, s/n, Campo Grande
Data: 21 de julho (sábado), 21h
Ingressos:
– “Gaiola” no Palco: R$200 / R$100
– Filas A a P: R$140 / R$70
– Filas Q a Z: R$100 / R$ 50
– Filas Z1 a Z11: R$ 80 / R$ 40

Vendas: Ingresso Rápido, bilheteria do teatro ou SAC

Classificação: 18 anos

Duração: 140 minutos