Google e Johnson & Johnson são as marcas mais inclusivas aos LGBT

Notícias
13 de dezembro de 2015
por Genilson Coutinho

O tempo é como um rio. Você nunca poderá tocar na mesma agua duas vezes, porque a agua que já passou , não passará novamente

Serviços financeiros, bebidas alcóolicas e companhias de viagem estão entre as mais inclusivas em relação ao público LGBT em sua propaganda e marketing, de acordo com um novo estudo da Logo.

A rede de TV da Viacom divulgou sua primeira lista “Trailblazing Companies”, em que lista as marcas que demonstraram um compromisso público com os LGBTs e suas questões por meio de propagandas, comunicações e outras iniciativas públicas. A lista, criada com a Witeck Communications, ranqueou marcas que já receberam uma pontuação de 100% na Human Rights Campaign’s 2015 Corporate Equality Index, de acordo com critérios como propagandas inclusivas, apoio político, vídeo digital e social mídia, e porta vozes e executivos-chefes.

O Google conseguiu o primeiro lugar, com vários anúncios aludindo e celebrando como os membros da comunidade LGBT têm usado os produtos da companhia para efetuar mudanças sociais.

O comercial “It Gets Better”, do Google Chrome, presta homenagem ao autor e ativista Dan Savage, que desencadeou um movimento internacional em apoio à juventude LGBT com um único vídeo. E o “Show Your Pride, Share Your Love”, do YouTube, saúda youtubers por compartilhar suas vidas por meio do portal com vídeos que incluem uma história dramática sobre assumir a sexualidade e um pedido de casamento.

A Johnson & Johnson ficou em segundo lugar por seus “anúncios sinceros” que “apresentam diversas famílias – incluindo pais e filhos LGBTs – e expandir o entendimento do público do que é uma família”, de acordo com o estudo. Outro exemplo é a campanha de 2014 do Tylenol, “O que importa mais”, revisita a icônica pintura de 1943 de Normal Rockwell, “Freedom from Want”, com uma família mista liderada por um casal de lésbicas. Já a Clean & Clear fez história este ano ao selecionar a ativista trans adolescente Jazz Jennings pare ser o novo rosto da marca. Assista ao vídeo abaixo.

Das 25 companhias da lista, quatro são do setor de finanças. A Wells Fargo está na terceira posição, o TD Bank, na décima-quarta, o Bank of America, na décima-sétima, e o JPMorgan Chase, na vigésima-primeira. “Os bancos precisaram se transformar para que a mensagem deles continuasse relevante”, afirma Bob Witeck, presidente da Witeck Communications.

A Wells Fargo também se tornou o primeiro banco a trazer um casal LGBT em uma campanha de TV nacional com seu comercial “Learnig Sign Language”. O filme segue um casal de lésbicas enquanto elas se preparam para adotar uma criança com deficiência auditiva. Apesar da reação de grupos que ameaçaram boicotar a empresa, a Wells Fargo se recusou a retirar a produção do ar. Assista ao vídeo abaixo.

Para muitas das marcas historicamente mais tradicionais que estão na lista, apelar à comunidade LGBT não é “apenas uma estratégia gay, é uma estratégia millennial”, segundo Witeck. Completando o Top 5, estão Marriott, no número quatro, e Gap, no número cinco.

O setor de viagens, com sete marcas no Top 25, tem sido líder na conexão com a comunidade LGBT, de acordo com Witeck, que acrescenta que as famílias LGBT dão grande valor às viagens. Tirando o Google, as companhias de tecnologia não estão bem representadas na lista, o que, segundo Witeck, é uma surpresa.

Os consumidores LGBT têm um poder de compra de US$ 884 bilhões e a pesquisa da Logo descobriu que cerca de 71% estão mais propensos a apoiar uma marca depois de ver uma campanha que tenha a igualdade como tema. E a mesma porcentagem está mais propensa a comprar de uma companhia que faça doações a causas e instituições de caridade LGBT.

 Do Meioemensagem

Veja a lista abaixo:

  1. Google
  2. Johnson & Johnson
  3. Wells Fargo
  4. Marriott
  5. Gap
  6. E&J Gallo Winery
  7. Anheuser-Busch
  8. Hilton Worldwide
  9. Coca-Cola
  10. GM
  11. Unilever
  12. AT&T
  13. Procter & Gamble
  14. TD Bank
  15. American Airlines
  16. Diageo
  17. Bank of America
  18. Hyatt
  19. MillerCoors
  20. Mondelez International
  21. JPMorgan Chase
  22. General Mills
  23. Brown Forman
  24. Kimpton Hotels & Restaurants
  25. Orbitz
  26. Starwood Hotels & Resorts