Glória Perez: “Ser trans não significa ter talento para ser uma trans”

Comportamento, Social
12 de abril de 2017
por Genilson Coutinho

gloriaperez

A novela “A Força do Querer”, escrita por Glória Perez estreou, mas as polêmicas sobre a escassez de personagens transexuais na trama, embora as trans sejam a temática principal da obra,não cessaram.

Ao jornal O Dia, quando questionada sobre o assunto, Perez disse que “estou fazendo uma dramaturgia e dramaturgia se faz com atores”. “Ser trans não é sinônimo de ter talento para entrevistar uma trans”.
“Imagine se em o Poderoso Chefão tivessem aberto mão de Marlon Brando para contratar um mafioso de verdade?… estaria extinta a profissão de ator!”, continuou.

Apenas uma atriz transexual foi confirmada no elenco: Maria Clara Spinelli terá um papel secundário, ainda mantido em segredo. Além dela, o ator Silvero Pereira viverá uma travesti.

Interpelada sobre o porquê da escolha do tema, a autora disse que “o humano sempre foi a paisagem de todas as minhas histórias, não importa que tipo de vestimenta as personagens usem nem que língua falem. Conto histórias de gente”.

Da Acapa