GGB realiza Parada Gay do Rio Vermelho em Dezembro

Sem categoria
23 de setembro de 2013
por Genilson Coutinho

Primeira edição da Paradinha

O Grupo Gay da Bahia (GGB) decidiu por dar continuidade à realização da Parada Gay do Rio Vermelho, evento que está marcado para acontecer no dia 1º de dezembro, a partir das 12h, no bairro considerado um dos mais boêmios da cidade de Salvador. O GGB pretende testar um novo formato a ser aplicado na 13ª Parada Gay da Bahia, em 2014, que inclui menos trios elétricos, mais música eletrônica harmonizada com cantores fazendo live, o que significa cantar acompanhados de bases eletrônicas, estilo musical preferido do público LGBT.

Considerando ser um evento menor, o GGB vai focar a promoção e garantias dos direitos lGBTs na cidade pedindo ao prefeito ACM Neto implantação do Centro de Referência LGBT e Enfrentamento da Homofobia, bem como aprovação imediata pela Câmara Municipal dos projetos de autoria da vereadora Fabiola Mansur (PSB) em parceria com o GGB, em tramitação, sendo um que estabelece diretrizes para a Política Municipal de Promoção da Cidadania LGBT e Enfrentamento da Homofobia e outro que dispõe sobre o uso comum do sanitário feminino por transexuais e outras mulheres sociais em espaços públicos e privados, casas de espetáculos, teatros, hotéis e similares no município de Salvador.

A saúde também vai receber atenção especial por ser o evento realizado em 1º de dezembro, Dia Internacional de Luta contra a Aids. De acordo com a entidade, é preciso retomar de forma vigorosa a conscientização e prevenção das doenças transmitidas por contato sexual como HIV/AIDS, sífilis e hepatites virais, que apresentam dados preocupantes.

Dados acumulados de 1984 até junho de 2012 somam 18.302 casos na Bahia de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SESAB). De janeiro a junho deste ano, 65 pessoas portadoras do vírus da AIDS morreram em 14 municípios baianos. No Estado, foram notificados 846 casos, dos quais 522 em Salvador. A capital também foi o lugar com maior quantidade de óbitos, com 35 mortes de pessoas adultas e crianças. “Uma Parada de prevenção e cidadania com foco nos cuidados com a saúde”, disse Marcelo Cerqueira, presidente do Grupo Gay da Bahia.

A Parada sai de Ondina, no Largo das Gordinhas, e o cortejo segue até Dinha do Acarajé. A programação do Largo vai incluir apresentação de transformistas e bandas musicais. O GGB já conta com o apoio cultural da Ofá Produções e do site Dois Terços.