GGB anuncia criação do SIM LGBT

Sem categoria
11 de setembro de 2013
por Genilson Coutinho

O Grupo Gay da Bahia (GGB) anunciou na última  terça-feira, dia 10, a criação de um SIM (Sistema de Intermediação de Mão de Obra) voltado para o público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros). O programa SIM LGBT, explica Marcelo Cerqueira, presidente do GGB, tem como foco a inclusão e a qualificação de mão de obra, principalmente para jovens em busca da primeira oportunidade no mercado de trabalho.

Os cursos de qualificação profissional serão oferecidos através de parcerias com a Coordenação Estadual LGBT da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e a Universidade Salvador (Unifacs), por meio do Programa Voluntários Unir. Já a intermediação da mão de obra junto a empresas acontecerá através do GGB, mais antiga entidade civil brasileira que milita pelos direitos dos homossexuais.

A iniciativa nasceu a partir de uma sugestão da vereadora Fabíola Mansur (PSB) ao GGB. No documento encaminhado à entidade, a parlamentar apontou as dificuldades que muitos LGBTs têm para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho, mesmo que sejam habilitados. Em grande parte, acredita Marcelo Cerqueira, o problema está na homofobia (preconceito contra homossexuais), que dificultaria o acesso do público LGBT ao mercado, o que acaba contribuindo para a marginalização dessas pessoas.

O GGB também divulgou dados da 12ª Parada Gay da Bahia que teve Daniela Mercury como madrinha. De acordo com a entidade 1 milhão de pessoas compareceram ao desfile,cerca de 30% a mais que o ano passado, o Governo do Estado e a Prefeitura de Salvador vem participando, mas é preciso adequar essa aportes de acordo com o crescimento da festa. “O evento é como se fosse um dia de carnaval, sem a estrutura operacional do carnaval” declarou Marcelo Cerqueira e segue. “Foi grande sucesso e prestígio para a cidade no cenário nacional” concluiu. Para a 13ª edição em 2104 o GGB antecipa alterações na programação do cortejo dos trios que começa ás 13h e segue até ás 19h. A III Feira da Diversidade ganha mais um dia e desfiles de moda para os novos talentos baianos.