Serviços

Fotógrafo e antropólogo Rogério Ferrari Integra programação do Interculte

Genilson Coutinho,
22/10/2019 | 17h10

Como parte da programação do Interculte, o Curso de Letras da Unijorge promove uma mesa-redonda com o fotógrafo e antropólogo carioca Rogério Ferrari. O debate, que terá como tema Políticas da delicadeza, contará com a mediação do professor Moisés Oliveira Alves e acontecerá no dia 23 de outubro, às 19h, no Campus Paralela.

Rogério tem desenvolvido um trabalho desde 2002 com o foco em retratar a luta de povos e movimentos sociais por terra e autodeterminação.  Nessa perspectiva da antropologia visual, já visitou a Palestina, Líbano, campos de refugiados da Jordânia e de Argélia, Turquia, México, Paraguai e Argentina.

Na Bahia, o fotógrafo independente percorreu diferentes regiões registrando as diversas faces dos povos ciganos e indígenas que vivem no estado. Parte da experiência vivenciada com os índios durante a itinerância pode ser vista em seu último livro, “Parentes”, lançado mês passado. A obra revela, em 64 imagens em preto e branco, a diversidade, a permanência e a resistência dos povos Pataxó, Pataxó Hã Hã Hãe, Tupinambá, Pankaru, Pankararé, Tuxá, Atikun, Kaimbé, Tumbalalá, Kiriri, Kantaturé, Tuxi, Kariri-Xocó e Truká.

Programação –  O Interculte trará, ainda, outras duas mesas-redondas promovidas pelo Curso de Letras: “Afinal, o que é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?”, no dia 23 de outubro, às 9h, e “Experiências com o Programa institucional de bolsa e Iniciação a docentes (PIBID)”, no dia 24 de outubro, às 19h.

A partir de múltiplas redes semânticas, o 14º Encontro Interdisciplinar de Cultura, Tecnologias e Educação (Interculte) acontece de 22 a 24 de outubro, no Campus Paralela. O evento conta com oficinas, minicursos e apresentações de trabalhos acadêmicos. Quem optar por participar das palestras, mesas-redondas e sessões de comunicação oral como ouvinte fará um investimento de R$27.

Os interessados nos minicursos deverão pagar uma taxa extra de R$15 por cada oficina escolhida. Há, ainda, a opção de se inscrever para apresentar um trabalho, o que custa R$10. Os valores são cumulativos e o investimento final vai variar de acordo com a escolha do participante.